Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, julho 06, 2017

O vereador Jairo mata a cobra, mostra o pau e ainda machuca a cabeça

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Estou recebendo  do vereador Jairo do Sertão, de forma espontânea a comprovação das suas diárias recebidas durante este ano letivo de 2017 .
O vereador Jairo do Sertão ficou decepcionado e indignado com a atitude praticada pelo prefeito "interino", que ao invés de ter a humildade de reconhecer o seu erro concernente a farra das diárias e tentar corrigir, pois é o dinheiro do povo que etá em jogo,  veio foi querer justificar os seus erros imputando aquele vereador diárias que só existem no seu pensamento,
O vereador Jairo do Sertão está desafiando o prefeito "interino" a informar e provar, quem recebeu as diárias que ele acusou de forma que deixa muito a desejar quando dita por uma "autoridade", diárias essas recebidas pela assistência de uma Sessão na Câmara de Vereadores de Sítio do Quinto ,
Como não foi recebida por Jairo, alguma pessoa recebeu em seu nome de forma fraudulenta, e como o "interino" acusou, está na obrigação de provar.
Quero dizer ao vereador Jairo do Sertão e demais vereadores da oposição, que atitudes não republicanas e desesperadas iguais a essa já são esperadas, o "interino" está acuado com as denúncias sobre tantas irregularidades.
Como não tem justificativas para prestar um esclarecimento convincente a população, os verdadeiros donos do dinheiro, a  unica saída é apelar para atitudes não muito recomendáveis.
Abro uma parenteses para informar a população, que se não fosse essas diárias que o vereador Jairo do Sertão recebeu para se deslocar até Paulo Afonso, nunca teria condições de desvendar o rombo contra o Hospital Municipal de Jeremoabo.
A situação da Prefeitura Municipal de Jeremoabo é grave, é pior do que vocês pensam.
Digo isso porque o "interino" procedendo de forma ilegal, dispensou uma licitação para contratar uma cidadã pelo período de. um ano no Valor Global: 72.000,00.
Pela foto abaixo qualquer pessoa poderá entender que pelo contrato esta cidadã não é empregada da prefeitura, mas uma prestadora de serviço semelhante ao escritório de advocacia também contratado de forma irregular, mas na relação consta seu pagamento como salário.
 A farra das diárias já vem de longe,essa cidadã junto com outro seu colega no tempo da ex-prefeita Re, receberam diárias para fazer curso de Pós-Graduação em Aracaju, 
Por aí entendam o tamanho da esculhambação com o dinheiro público do povo.
Para encerrar pegunto ao " interino", porque ele não fala dos vereadores que foram assistir sessões na cidade de Paulo Afonso?