Família Montalvao

Família Montalvao

segunda-feira, junho 13, 2016

Reajustes dos servidores devem ser honrados

Autor lista cinco razões para que Temer não recue sobre aumentos. Caso contrário, “compraria uma briga feia com os servidores, responsáveis pelo funcionamento da máquina pública e pela formulação e implementação das políticas públicas”

Cunha avisa a Temer que, se cair, levará com ele 150 deputados, senador e ministro

Cunha avisa a Temer que, se cair, levará com ele 150 deputados, senador e ministro
Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

Delator mostrará caixa dois de Marina em 2010, diz jornal


José Wilson Granjeiro
José Wilson Granjeiro

Excelências, acordem!

“Não dá mais, excelências, para fazer na coisa pública o que fazem em sua privada. Hoje contamos com uma sociedade mais aparelhada, com celulares, com redes sociais, com grupos de WhatsApp, com movimentos apartidários”

Estado Islâmico reivindica ataque que matou 50 em boate gay nos EUA

Em rádio oficial, facção extremista diz que atirador é 'soldado do Califado'; polícia diz não ver relação direta com o grupo terrorista, e prefeitura divulga nome de vítimas


Brasil é eliminado da Copa América, e Dunga diz que teme 'só a morte'

Eliminação da seleção na 1ª fase, com gol de mão do Peru, não ocorria desde 1987

Saiba os aumentos que a Justiça deu na troca da aposentadoria

Processos voltaram a andar nos Juizados Especiais Federais e maioria dos juízes tem decisões favoráveis aos aposentados

vamos botar água no feijão


deputada Jandira Feghali

Jandira tem a cara de pau de falar em unidade da "esquerda", afirmou Babá

A deputada pseudo-comunista admite que procurou Sérgio Machado em 2008 para tentar arrumar um dinheirinho para sua campanha

Portal gama livre - 12/06/2016 - 21:45:40

De Babá, atual vereador do Rio de Janeiro (Psol), ex-deputado federal expulso do PT por ter votado contra a reforma da Previdência no primeiro governo Lula, criticando, em seu Facebook, a deputada Jandira Feghali (PC do B—Rio). Leia mais

Entrevista. Tarso Genro

Tarso Genro: “Não se pode dizer que o PT terminou seu prazo de validade”

Crítico histórico da aliança com o PMDB e defensor de guinada à esquerda, ele defende autocrítica no PT

Por GIL ALESSI - el país - 12/06/2016 - 21:00:25
Tarso Genro pode ser considerado um petista radical. No final de 2014 já defendia o rompimento com o PMDB e uma guinada à esquerda no segundo Governo da presidenta Dilma Rousseff. Não conseguiu emplacar nenhuma das duas teses dentro do PT, e o que se seguiu foi o que muitos chamam de 'golpe' peemedebista, seguido por uma curva à direita com a presidência interina de Michel Temer. Em entrevista por email, Genro, que é ex-ministro da Educação e da Justiça e foi governador do Rio Grande do Sul até 2014, quando foi derrotado em sua tentativa de se reeleger, critica a posição do presidente nacional do PT, Rui Falcão, defende autocrítica dentro do partido e se diz contra alianças com alas do PMDB nas próximas eleições. Leia mais


Governo Dilma antecipou indicação ao STJ, dizem executivos
O governo Michel Temer é a única saída posta”, afirma Renan Calheiros
Os investigados da Odebrecht que negociam acordo de delação premiada com os procuradores da Lava Jato relatarão que advogados e executivos do grupo ouviram de integrantes do governo que a presidente afastada, Dilma Rousseff, nomearia um ministro garantista para o Superior Tribunal de Justiça. ...Leia mais

Entrevistas da semana


Delatores da Lava Jato fecham acordos de colaboração com Justiça norte-americana

Delatores da Lava Jato fecham acordos de colaboração com Justiça norte-americana
Julio Camargo | Foto: Reprodução / Fausto Macedo


Segunda etapa de integração ônibus-metrô começa neste domingo

Segunda etapa de integração ônibus-metrô começa neste domingo
Foto: Manu Dias / GOVBA