Família Montalvao

Família Montalvao

sábado, setembro 17, 2016

Deri investe em corpo a corpo e as caminhadas já estão dando frutos.

 

Caros leitores de Jeremoabo, baixarias,  xingamentos com palavrões ultrapassam os limites da civilidade e mostram como o debate político  em Jeremoabo regrediu e ficou radicalizado.
O Candidato   Deri está no caminho certo, caminho da paz, naquela de os" cães ladram, mas a caravana passa", e você  Deri junto ao povo está conseguindo ultrapassar a barreira da incompreensão, da provocação, da falta de educação e do despreparo político para conviver em sociedade.
 Só quem teme a derrota é quem apela para o desespero. 
Não são os políticos que são ruins; ruins são nossas escolhas, votamos pela imagem dos candidatos, não pelo que eles de fato são
" A democracia não existe para que pessoas sejam atacadas, porém ela se manifesta para que boas ideias sejam confrontadas.
Qual o sentido de xingar um candidato? Qual importância para a democracia ofendê-lo? Qual o benefício de tantas agressões verbais? Não há sentido. Não há importância. Não há benefício. Há tão somente a violência ou a força verbal do xingamento. Esse maniqueísmo entre puros e impuros ou entre o bem e o mal é velho na política brasileira, velho como a própria violência contra nossos semelhantes."

A política não é desejar a morte do outro; pois, se assim for, iremos justificar a Noite dos Longos Punhais, quando, em 1934, chefes nazistas foram assassinados a mando de Adolf Hitler porque o Fürher (líder) não admitia diferenças. Se até no nazismo não havia unidade - mesmo porque o conceito de unidade não corresponde à natureza da vida -, muito menos há unidade política na democracia, porque a essência democrática se reconhece como forma plural para que ideias qualitativas se oponham.
Na liberdade democrática, o outro é importante não para ser agredido, mas para exigir de mim o melhor de minhas ideias, ou seja, na democracia, o adversário não pode desqualificar seu rival, porque, caso faça isso, ele, primeiro, se desqualifica, desqualificando, portanto, a liberdade democrática. Será que somos livres na democracia para nos desqualificarmos?" (
Aldo Bourdieu)  .
A política de Jeremoabo curiosamente apresenta ciclos de mudanças, de novos tempos.
Primeiro foi João Ferreira, que quebrou a panelinha, fez tímidas mudanças, mas não conseguiu dar continuidade a mudança.
Posteriormente tivemos Spencer,   que também conseguiu brigar e derrotar essa oligarquia que sempre fez parte, mas de progresso nada.
Agora pela terceira vez estamos defronte da multidão revoltando em busca de mudanças urgentes, dando um recado através das redes sociais, das caminhadas, que não suportam mais incompetência, fraudes, corrupção, e desrespeito ao dinheiro público.
Hoje quase todo mundo possui um celular, esse celular quase que na totalidade fica focado nas redes sociais que  estão sendo de suma importâncias nessas eleições, é através dela que o povo sabe de tudo, principalmente das mentiras e falta de cartismo de alguns.

“Na política, ganhar ou perder as eleições faz parte do jogo. O que não se pode perder na política é a dignidade e a compostura”, afirmou. Aécio Neves