Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, fevereiro 09, 2017

A Lei existe, mas o prefeito e os politiqueiros de Jeremoabo não respeitam



Resultado de imagem para foto nepotis,o

Jeremoabo é uma cidade onde os prefeitos ao assumiram o Cargo Público, a primeira coisa que faz é não cumprir, arvoram-se como acima da Lei.

Logo que qualquer prefeito ou mesmo presidente de Câmara tomam posse, de imediatamente baixam um Decreto implantando o NEPOTISMO Municipal, colocando como beneficiário a própria família.

Pergunto a oposição de Jeremoabo: o que estão fazendo que não ingressam com uma representação perante o Ministério Público?

Não é só nepotismos não, desrespeitam também os acordos que fazem com o Ministério Público para não nomearem apadrinhados sem concurso público.

Onde a coisa funciona, onde existe oposição, e onde o povo exige ação de seus representantes, a coisa funciona assim:

STF suspende nomeação de filho de Crivella


Marco Aurélio Mello concedeu liminar suspendendo a nomeação de Marcelo Hodge Crivella, filho de Marcelo Crivella, para o cargo de secretário da Casa Civil da prefeitura.
Para Mello, o nepotismo é claro.

Como os senhores estão lendo, uma notícia públicada na imprensa nacional no dia de hoje, a Lei proibe NEPOSTISMO em órgão Público, o gestor Municipal de Jeremoabo desrespeita a Lei, e os vereadores de Jeremoabo ou mesmo o SINDICATO dos Servidores Públicos Municipais,  apenas assistem de camarote, fazendo de conta que não sabe de nada.
O prefeito do Rio de Janeiro nomeou o filho como seu Secretário, a oposição ingressou com uma ação no Supremo, o Ministro determinou a demissão imediatamente.
Resultado de imagem para foto nepotis,o

Nota da redação deste Blog - Na Legislação passada o Vereador Jairo do Sertão juntamente com o vereador Neto denunciaram o nepotismo na prefeitura de Jeremoabo, só que a denúncia deveria ser efetuada no TCM-BA e no Ministério Público Estadual.






STF suspende nomeação de filho de Marcelo Crivella

A nomeação de Marcelo Hodge Crivella para secretário municipal da Casa Civil foi publicada no Diário Oficial no dia 1º de fevereiro


O ministro Marco Aurélio suspendeu nesta quinta-feira a nomeação de Marcelo Hodge Crivella, filho do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, para o cargo de secretário-chefe da Casa Civil. A nomeação de Marcelinho, como é conhecido, saiu no Diário Oficial no último dia 1 de fevereiro.
Segundo o ministro, houve nepotismo. “Ao indicar parente em linha reta para desempenhar a mencionada função, a autoridade
reclamada, mediante
ato administrativo, acabou por desrespeitar o preceito revelado no verbete vinculante nº 13 da Súmula do Supremo”, escreveu na decisão.