Família Montalvao

Família Montalvao

segunda-feira, dezembro 05, 2016

Mais de um milhão e quinhentos mil visualizações, só me resta agradecer ao leitores de Jeremoabo.

Resultado de imagem para fotos de fogos pirotecnicosResultado de imagem para fotos de fogos pirotecnicos


Só me resta agradecer aos leitores do BLOG DEDEMONTALVAO, que forneceram combustível para enfrentar essa luta desigual, ou seja, enfrentar os desmandos do poder.
Não fosse o apoio do povo eu já teria desistido, pois os usurpadores do erário público usaram e ainda usam todo tipo de tirania e covardia, na tentativa de impedir que a população tome conhecimento das maracutaias, das trambicagens, e porque não dizer dos roubos.
Tentaram implantar a ditadura contra a liberdade de expressão, não conseguiram, ingressaram com dezenas de processos improcedentes, foram derrotados, agora por último a própria imprensa tentando censurar a liberdade de divulgar a verdade.
Este Blog sobrevive porque não é sustentado pela prefeitura, nunca recebeu um tostão de quem quer que seja, o único combustível para seu exito e seu brilho, é a voz do povo sem voz.
Este Blog tem credibilidade, moral, tem história e tem o respaldo da população, não e´atoa que ultrapassou a barreira de mais de 1 milhão e quinhentos mil visitações.
Enquanto o povo não deixar apagar essa chama, continuarei enfrentando os covardes "poderosos" sem medo, sem ódio e sem rancor.
Aproveito para parabenizar a prefeita Anabel pelo seu gesto democrático de aceitar a crítica, sem tentar impor o silêncio,  nem censurar a Liberdade de Expressão.
Não concordo nem apoio a sua maneira ao meu ver errada de administrar, mais seria injusto se não fizesse essa observação.

Resultado de imagem para foto de um milhao e quinhentos mil

Resultado de imagem para foto de um milhao e quinhentos mil

Resultado de imagem para fotos de fogos pirotecnicos







,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Marco Aurélio sobre afastamento de Renan: ‘Que o Supremo não falte à nacionalidade’

Por: Gabriel Mascarenhas  

Marco Aurélio: crédito aos criminalistas
Marco Aurélio: Renan afastado da presidência do Senado
Responsável por afastar Renan Calheiros da presidência do Senado, Marco Aurélio Mello sabe que sua canetada soa como um gol de Copa do Mundo para a opinião pública.
Na avaliação do ministro do Supremo, porém, a importância da decisão é uma só: “Que o Supremo não falte à nacionalidade”.
Antes de Renan, Eduardo Cunha também foi retirado da cadeira que ocupava por determinação do STF. Na ocasião, porém, Teori Zacascki o afastou da presidência e do mandato.
Marco Aurélio brinca com a comparação: “Eu não afastei do exercício do mandato. Teori ganha nessa”.


Jogada ensaiada? Com uma mãozinha da REDE de Marina Silva, PT toma conta do Senado.
Marco Aurélio Mello, Lulista de carteirinha, enxergou a oportunidade e jogou o senado no colo de Lula, através de Jorge Viana.
FOLHACENTROSUL.COM.BR

Marco Aurélio Mello, do STF, afasta Renan da presidência do Senado

Alan Marques/Folhapress

Bloqueio de bens de Padilha é motivo suficiente para demiti-lo da Casa Civil

Resultado de imagem para eliseu padilha fazendeiro
Padilha não comenta a decisão que bloqueia seus bens
Deu no Correio do Estado

A contagem regressiva continua, talvez só termine amanha, explico por que..

Notícias


TRE-BA Juiz Marcelo Junqueira se despede do TRE-BA nesta segunda (05/12)

Juiz Marcelo Junqueira se despede do TRE-BA nesta segunda 


Nota da redação deste Blog - Abro esse espaço para explicar a turma do PISEIRO e aos leitores desse BLOG,  o que está acontecendo com o julgamento de hoje no TRE-BA.

Início dizendo que o TRE-BA, é formado de homens cultos e de moral e conhecimentos ilibados, não é qualquer um picareta corrupto que irá corrompe-los.

Pelo que fui informado, a pauta de hoje consta de mais ou menos quarenta julgamentos, até agora ainda não foram julgados nem metade, acredito que o restante só será julgado amanhã.
Dentre esses que encontram-se em pendencia de julgamento está o recurso da candidata sem registro Anabel.

Falei que o restante só será julgado amanhã pelo seguinte motivo:  A justiça cumpre suas normas e seus regulamentos, diante disso  "A passagem do juiz Marcelo Junqueira Ayres Filho pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) ficou marcada por inúmeras contribuições para o Órgão, nos últimos dois anos. Empossado em dezembro de 2014 para assumir uma das vagas destinadas aos juristas, o magistrado conclui o biênio nesta segunda-feira (05/12), quando deixará o Tribunal.

"A solenidade de despedida acontece na Sala de Sessões do Eleitoral, às 15 horas. Na ocasião, o juiz irá receber a “Medalha do Mérito Eleitoral da Bahia com Palma”, oferecida pelo Tribunal como distinção àqueles que tenham contribuído destacadamente para o engrandecimento, eficiência e respeitabilidade da Justiça Eleitoral do estado e do país.
Autoridades públicas, familiares, amigos e servidores são esperados no evento para homenagear o juiz. Profissionais de imprensa também poderão acompanhar a cerimônia".

É por esse motivo que tenho certeza que hoje não será julgado o recurso da prefeita sem registro Anabel, a solenidade no TRE-BA terá início às 15:00 horas, e ninguém irá sair de solenidade para dar continuidade a julgamento.
O mandato do relator encerrou hoje, amanhã será outro relator.

Se ainda persistir alguma dúvida a respeito do adiamento do julgamento, leiam a matéria do TRE-BA.

Em tempo:
Recebi agora, a pauta para amanhã, o julgamento será amanhã dia 06.12.2016 às 09:30.



Contagem regressiva. hoje a verdade mais uma vez desmascará a mentira







O CANDIDATO ELEITO  DERI DO PALOMA SEUS ADVOGADOS E AMIGOS, ENCONTRAM-SE NO TRE-BA AGUARDANDO PELA TERCEIRA VEZ A CONFIRMAÇÃO DA SUA VÍTÓRIA.

POR DUAS VEZES A JUSTIÇA DE JEREMOABO INDEFERIU O REGISTRO DA CANDIDATA DERROTADA TENDO EM VISTA QUE NO BRASIL NÃO EXISTE LEGISLAÇÃO QUE PERMITA A TERCEIRA REELEIÇÃO.

Releia o que já publicamos sobre ele
Artigo publicado na Tribuna da Bahia em 01/12/16

Fidel Castro, um Pirro inconsequente

A conhecida expressão Vitória Pírrica ou Vitória de Pirro significa uma conquista tão onerosa que não valeu a pena. Ela advém do general grego Pirro(318A.C. – 272A.C.), de biografia rocambolesca, dotado de grandes méritos estratégicos, a ponto de haver levado Aníbal, considerado por muitos como o maior guerreiro de todos os tempos, a dizer que apenas Alexandre Magno o superava. Ao ser parabenizado por sua vitória na batalha de Ásculo, quando parcela substancial do seu exército pereceu, Pirro respondeu: -Mais uma vitória como esta, estarei perdido!
Fidel Castro foi uma das personalidades mais marcantes de nosso tempo, ainda que seus feitos originais, aplaudidos por gregos e troianos, ao expulsar um presidente corrupto, o tenham transformado no mais implacável e personalista ditador da história do Continente Americano, quando todo um povo foi usado como massa de satisfação dos interesses personalíssimos de sua megalomania, destituída de qualquer sentimento de piedade e do compromisso mínimo com os valores da democracia e da liberdade. Sua excepcional popularidade, mundo afora, comprova a afirmação de Victor Hugo segundo a qual “Uma ideia ajustada ao seu tempo é mais poderosa do que todos os exércitos do mundo”, e Fidel Castro popularizou-se ao encarnar os ressentimentos dos que vêem os Estados Unidos como a expressão máxima da opressão sofrida pelos pobres sob o guante dos poderosos. Uma percepção de infantilismo político que não resiste à análise racional das evidências.
Em 1959, Cuba era um próspero país semi-industrializado, beneficiário de intenso turismo, proporcionado por magníficos cassinos e belas praias, accessíveis, pela proximidade, ao imenso público norte-americano, ainda que com grandes desigualdades econômico-sociais, como no Brasil de nossos dias. Sob a tutela da União Soviética, que lhe subsidiava no intercâmbio comercial, Cuba sempre encontrou tenaz resistência do seu novo parceiro e senhor para aumentar sua incipiente industrialização. Negando as previsões de Karl Marx, que pensou serem as nações industrializadas o ambiente ideal para a expansão do socialismo, Cuba alinhava-se com a própria Rússia, a China e a Coréia do Norte como mais um país semi-industrializado a abraçar o comunismo.
Com a implosão do Império Soviético, em 1989-91, Cuba foi salva do colapso total pelos petrodólares da Venezuela, sob o domínio do fronteiriço Hugo Chávez, movido pelo delírio populista do bolivarianismo que empolgou os próceres da velha e ultrapassada esquerda da América Latina. Barack Obama, em recente gesto apaziguador, fez o resto, sob as bênçãos do Papa Francisco e do Mundo. A negativa, a um só tempo, arrogante e covarde, de Fidel em receber o Presidente americano, em sua visita a Cuba, apenas, comprova o insuperável farsante em que se transformou o cavaleiro andante de minha juventude.
A destruição do acervo social, cultural, político e econômico de Cuba pela ditadura dos irmãos Castro não tem precedentes no tempo e no espaço. Senão, vejamos, à vol d`oiseaux: 1 - Cuba foi a primeira nação latina, incluindo Portugal e Espanha, a utilizar máquinas e embarcações a vapor, na primeira metade do Século XIX. Foi, também, a terceira nação, depois de Inglaterra e Estados Unidos, a dispor de uma ferrovia. Foi um cubano o primeiro a aplicar anestesia na América Latina. Igualmente, foi um médico cubano, Carlos Finlay, quem descobriu o mosquito transmissor da febre amarela, a prevenção e o tratamento da doença. A primeira fábrica movida por eletricidade na América Latina instalou-se em Cuba, além do primeiro sistema de iluminação elétrica, ainda no Século XIX. Como a demonstrar que o progresso material e o espiritual podem andar de mãos dadas, cem anos antes, em fins do Século XVIII, Cuba aboliu as touradas, por “impopulares, sanguinárias e abusivas com os animais”. Foi em Havana que circularam o primeiro bonde e o primeiro automóvel na América Latina, em 1900. 2 - Havana foi também a primeira cidade do MUNDO a dispor de telefonia direta sem ajuda de telefonista, em 1906. Aí também foi montado o primeiro aparelho de Raios-X, na América Latina, como foram cubanos os primeiros pilotos latino-americanos a fazer um vôo internacional, entre Cuba e Estados Unidos. Cuba foi o segundo país a inaugurar uma estação de rádio e o primeiro a transmitir um concerto de música e a apresentar noticiário radiofônico. Esther de La Torre, cubana, foi a primeira locutora do Universo. 3 - Trinta anos antes de Fidel chegar ao poder, Cuba era a quarta nação em número de estações de rádio, abaixo dos Estados Unidos, Canadá e União Soviética. Em 1950, Cuba foi o segundo país a emitir um programa televisivo. O Hotel Riviera, em 1951, foi o primeiro do MUNDO a ser equipado com ar condicionado, bem como o Focsa foi o primeiro edifício construído em concreto armado, em 1952. Nesse tempo, Cuba dispunha de uma cabeça de gado bovino por habitante, sendo o terceiro consumidor de carne per capita, abaixo, apenas, de Uruguai e Argentina. Compreende-se porque detinha a segunda melhor marca em mortalidade infantil, 33,4 por mil nascimentos. Enquanto isso, a ONU lhe conferia a liderança na América Latina em alfabetização, com 23,4% de analfabetos, e a liderança na disponibilidade de médicos por mil habitantes, taxa residencial de iluminação e ingestão de calorias. Foi o cubano José Raul Capablanca, campeão mundial de 1921-27, o primeiro latino-americano a ganhar um campeonato mundial de xadrez. 4 - Cuba foi o primeiro país latino a introduzir o divórcio, em 1918, a igualdade de direitos entre homens e mulheres, inclusive o direito de votar e de trabalhar para as mulheres. Só décadas mais tarde, a Espanha seguiria esse exemplo. Igualmente, foi o primeiro país a adotar a jornada de 8 horas de trabalho, em 1937, o salário mínimo e a autonomia universitária. Em 1940, Cuba foi o primeiro país latino-americano a eleger um negro para a presidência, quando promulgou uma constituição que foi considerada a melhor do seu tempo. 5 - Quando os Castro desceram a Sierra Maestra, Cuba dispunha da segunda maior renda per capita da América Latina. Hoje só está melhor do que o Haiti, um dos mais miseráveis países do Planeta. Cuba liderava a América Latina na disponibilidade per capita de eletrodomésticos, automóveis, aparelhos de rádio e quilometragem de rede ferroviária. Em vagas hospitalares, tinha mais do que a Itália e o dobro da Espanha. Com apenas 6,5 milhões de habitantes, era a 29ª economia mundial, com Havana liderando em disponibilidade de salas de cinema, acima de Nova Iorque e Paris. Hoje, o PIB cubano mal figura entre os cem primeiros. Enquanto a produtividade da cana-de-açúcar era, em Cuba, de 55,2ton/ha e, no Brasil, 22,6ton/ha, hoje, a produtividade brasileira subiu para 70ton/ha e a cubana caiu para 30ton/ha.
Fidel Castro não teve a grandeza de Pirro, ao reconhecer a magnitude dos seus erros e, por isso, continuou a jogar fora a água suja junto com a criança. A universalização do acesso a uma educação meramente beletrista e divorciada das necessidades modernas, ao lado de uma correta medicina social de baixo custo, proporcionada ao povo cubano, com o desiderato indisfarçável de amestrá-lo, como animais retidos num zoológico, é muito pouco para salvar Fidel Castro do severo julgamento da posteridade, como o mais perverso tirano, em toda a história do Novo Mundo.
Defendê-lo é piada de mau gosto, fundamentalismo bolivariano ou ignorância crassa.
Joaci Góes

Lula e o PT maquinam nas sombras junto do Coroné Renan para afastar Moro depois de aprovado o PLS 280. O projeto vai ser votado amanhã 6/12.
FOLHACENTROSUL.COM.BR
Isso aqui é um pouquinho de Brasil.
Roberto Requião estaria recebendo 36% acima do limita, já reduzidos os descontos obrigatórios
IMPLICANTE.ORG
FCS Brasil
2 h
Temer não tem coragem de contrariar coroné Renan, por quê?
FOLHACENTROSUL.COM.BR

5 PROTESTOS

 
Daniel Teixeira/Estadão











COLUNAAUGUSTO NUNES

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

SOBRE

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.