Família Montalvao

Família Montalvao

quarta-feira, agosto 02, 2017

O prefeito "interino" transformou a prefeitura numa ilha cercada de fraude e improbidades por todos os lados

Resultado de imagem para foto fraude em licitação..Resultado de imagem para foto fraude em licitação


Os vereadores Neto Crispim e Jairo do Sertão hoje no programa da Ong-Transparência Jeremoabo, ofereceram uma super esclarecedora informação, como são praticadas as fraudes nas licitações de Jeremoabo, onde segundo aquele edil envolve direta ou indiretamente o Procurador do Município, o Controlador e os participantes da licitação.
No meu entender, a comissão de licitação é ainda primária para fraudar, pois as fraudes praticadas por eles, são coisas de amadores, talvez quem sabe, pratiquem essas ilicitudes apenas para não perderem o emprego.
Hoje comentarei apenas a fraude mais grotesca e escandalosa, o para favorecer um funcionário que assessora o prefeito interino, traduzindo "raposa cuidando do galinheiro"
Segundo os vereadores entrevistados no programa Conexão Verdade de hoje, a fraude para proteger a firma do assessor do prefeito interino, teve início no ano de 2016.
Fizeram a maracutaia de forma imoral, escandalosa ilícita através de uma COMISSÃO DE LICITAÇÃO composta de videntes.
Prestem atenção como aconteceu a fraude, primeiro a comissão de Licitação vidente, elaborou a ata da Licitação, traduzindo, a ata relatou tudo que aconteceu no dia 24.05.2016, inclusive documentando a Empresa vencedora, com um adendo, nesse mesmo dia também confeccionaram a Carta Convite, enviaram para Santo Amaro-Bahia, para Heliopoles-Bahia e a empresa em Jeremoabo, No mínimo os componentes da Comissão de Licitação da Prefeitura Municipal de Jeremoabo, fretaram algum Jatinho, isso porque nesse mesmo dia, entregaram as correspondência, receberam as respostas das Cartas Convites, abriram as mesmas, declararam a ganhadora e elaboraram a ata 
No entanto, a imoralidade maior só veio acontecer 01.06.2006. Prestem bem atenção para essa data, pois foi nesse dia que as Empresas " participantes", participantes entre aspas, enviaram as correspondência com os respectivos preços.
Para que entendam com clareza: no dia 24:05.2016, a Comissão de Licitação  ADIVINHOU O GANHADOR, confeccionou a Ata, e Declarou a Empresa J.B.Oliveira EIRELE, da esposa do hoje assessor do " interino" como ganhadora, só que, as Cartas Convite foram abertas 07 dias após, ou seja, no dia 01.06.2016.
Portando senhores eleitores, o mínimo que os Vereadores da oposição devem fazer, é encaminhar o caso com urgência para o Ministério Público, pois esse caso se trata de CRIME.