Família Montalvao

Família Montalvao

sábado, abril 22, 2017

Infelizmente Jeremoabo vai muito bem no lixo e esgoto


















.
Essas fotos demonstram a prova do descaso, verdadeira fábrica de doenças, há mais de 90 dias a população do Bairro José Nolasco (entroncamento), vem clamando por socorro, até por clemencia ou piedade, e solução através da administração municipal nenhuma.
Os moradores reclamam principalmente do mau cheiro em dias de sol e da criação de ratos e baratas perto do esgoto. Segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS, além desses problemas, as chances de contrair doenças como leptospirose, hepatite A, verminoses e viroses perto desses lugares é ainda maior.
Uma das moradoras prejudicadas, vive na mesma rua que o esgoto e precisa passar pelo lugar todo dia. Ela se preocupa com os filhos que podem ter contato com a água e com bichos que circulam no local. “Minha maior preocupação é com meus filhos, sempre estou cuidando deles, mas e se eu descuidar um pouco e eles tiverem contato com o esgoto e contraírem alguma doença? A gente espera que a prefeitura arrume essa situação e que esse problema seja resolvido”.

"O lixo também pode gerar chorume e contaminar a água e o solo. Ainda pode servir de abrigo e alimento para animais e insetos que são vetores de doenças. As mais comuns são a leptospirose, peste bubônica e tifo murino, causadas pelos ratos, além de febre tifóide e cólera causadas por baratas, malária, febre amarela, dengue, leishmaniose e elefantíase, transmitidas por moscas, mosquitos e pernilongos", explica Marçal Rizzo, professor assistente na Universidade Federal do Mato Grosso e doutorando em Geografia na área de Dinâmica e Gestão Ambiental pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (FCT/UNESP) - Campus de Presidente Prudente/SP.

É triste e lamentável porém essa é a situação insolúvel de muitos bairros de Jeremoabo, só resta a população pedi sorte a Deus, porque isso é um atentado a saúde pública.