Família Montalvao

Família Montalvao

domingo, abril 02, 2017

Governo Temer enfrenta tendência de queda acentuada, segundo o Ibope

Charge do Amarildo amarildo.charge.wordpress.com)
Pedro do Coutto







Privilégios de Cabral e Adriana Ancelmo na prisão são uma ofensa à cidadania

A prova Manuscrito atesta entrada de ceia de Natal para mulher de Cabral
Este é o registro da entrada da Ceia de Natal
Carlos Newton
###
PS – Há informações – já publicadas pela grande imprensa – de que Cabral e Adriana querem fazer delação para entregar as ramificações da quadrilha no Judiciário e no Ministério Público do Estado do Rio, atingindo até o Superior Tribunal de Justiça. E isso realmente poderá (ou deverá) explicar muita coisa. (C.N.)



Passar o Brasil a limpo

Resultado de imagem para JUSTIÇA COMPRADA CHARGES
Charge do Alpino, reproduzida do Yahoo
Carlos Chagas







Ministra dos Direitos Humanos quer soltar as gestantes e mães em prisão preventiva

Luislinda Valois defende direitos iguais para todas
Deu em O Globo







Aécio Neves nega denúncia e pede a Fachin acesso à delação da Odebrecht

Resultado de imagem para aecio denunciado charges
Charge do Nani (nanihumor.com)
Deu no Estadão








Ex-presidente do TCE diz que Pezão sabia do esquema de corrupção no tribunal

Resultado de imagem para pezao corrupto  CHARGES
Pezão está sendo salvo por ter foro privilegiado
Chico Otavio e Daniel BiasettoO Globo






Ex-presidente da Sete Brasil incrimina Palocci, Vaccari, Duque e Barusco

Resultado de imagem para João Carlos Medeiros Ferraz
O executivo prestou um depoimento revelador
Cleide CarvalhoO Globo






A ministra Maria Thereza (STJ) e a Justiça Federal do RJ agiram certo, no caso Adriana Ancelmo. Errada é a lei.

Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, é recebida com protestos ao chegar para prisão domiciliar
Juiz “poderá” conceder prisão domiciliar, diz a lei
Jorge Béja








Saiba a melhor hora para solicitar a aposentadoria

O risco da falta de planejamento é receber uma aposentadoria muito baixa. Para ajudar, o Agora traz dicas de especialistas