Família Montalvao

Família Montalvao

sábado, março 25, 2017

Jeremoabo merecia mais respeito


                              Resultado de imagem para foto humilhando os professores
Inicio esse meu cometário citando Frei Beto:

"De acordo com Frei Betto, os jovens precisam perder o olhar ‘nojento’ que possuem com relação à política. “Quem tem nojo da política é governado por quem não tem. Tudo que os maus políticos querem é que a gente tenha bastante nojo para eles ficarem à vontade com a rapadura na mão”.

Quem vota respaldado no fanatismo, na paixão doentia, aceita aquilo que há de pior, município ineficiente penaliza duplamente a cidadania.

Quando os Executivos ignoram os esforços familiares na formação profissional de seus descendentes, estão, na prática, desestimulando a educação, significa um desvio ético e agride a cidadania.

 O corrupto já tem a índole de corrupto antes de exercer o poder. Não se torna corrupto somente quando está no poder. Observar a índole dos candidatos e a sua vida pregressa ajuda a prevenir o ingresso de pessoas mal intencionadas na esfera do poder público. Todo povo tem o governo que merece, porque é o povo que escolhe os seus governantes. Se o governo é bom o povo é recompensado. Se o governo é ruim o povo é punido por não ter feito uma boa escolha." (VALDEMIR RIBEIRO).
É Professor, Consultor empresarial, Psicanalista e escritor. Criou o Movimento Acorda Brasil em defesa da ética e cidadania. É fundador e Presidente da Andel – Associação Nacional de defesa dos Eleitores.

O povo de Jeremoabo está pagando um preço muito caro por votar pela paixão e pelo fanatismo, o voto é uma procuração que é outorgada a alguém que queremos que nos represente dignamente para exercer um papel que doravante seria nosso para dirigir e tomar decisões pelo município.

Hoje falarei de uma categoria desrespeitada, desprezada e humilhada pelo interino, estou referindo-me aos PEDAGOGOS de Jeremoabo.

Para início de conversar, querendo dizer que todos os PEDAGOGOS de Jeremoabo são incompetentes, o interino contratou um de Salvador, enquanto Euclides da Cunha, Pombal e outras cidades circunvizinhas importam de Jeremoabo.

Isso chama-se inversão de valores..

Prezados leitores, prestem bem atenção ao que segue, uma demonstração de falta de capacitação administrativa, de falta de preparo para administrar um município do porte de Jeremoabo.

A prefeitura de Jeremoabo gastou o dinheiro do povo para capacitar mais de 200 PEDAGOGOS. 
Só a UNEB formou mais de 200 pedagogos, mão de obra qualificada para o exercício da profissão como professores e coordenadores.
Foi o próprio município quem investiu nestes profissionais, e hoje não os valoriza;
Ao invés  de incentivar os que possui, dá preferência a forasteiro que tanto condenavam..
Esse PEDAGOGO contratado é de Salvador e veio para deixar os professores de Jeremoabo humilhados, desprezados, e indignados com tamanha falta de respeito com o povo da explorada Jeremoabo.

Será que foi uma troca? A ex-gestora, candidata sem registro foi para lá e ele enviado para cá?

O interino está sendo inconsequente, não sabendo ele que poderá responder por essas ilicitudes.
É por esse e mais alguns motivos que ainda não pagou o reajuste do piso de janeiro de 2017.
Resultado de imagem para foto com raiva indignado

Concluindo, nesse curto interstício de tempo o interino já desprezou e desconsiderou duas categorias de profissionais, a dos advogados contratando irregularmente um escritório de advocacia de Salvador, e agora os professores, jogando no lixo mais de duzentas formatura que os jovens de Jeremoabo conseguiram com muito suor, sangue e lágrimas.





Depois de votar em terceirização, Negromonte Jr. é vaiado no interior da Bahia

 | por Cíntia Kelly

Deputado insistiu em falar, mas discurso foi abafado por vaias