Família Montalvao

Família Montalvao

segunda-feira, março 20, 2017

Em Jeremoabo situação de emergência significa, esbanjar dinheiro no superfulo

                                                       
                                                         
                                                     
                                         
                                           Resultado de imagem para sinais indicativos
                                                         


                                   
Diante de tantos gostos na administração municipal de Jeremoabo, procurei inteirar-me o que realmente significa um estado de emergência.

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA: Situação anormal, decretada em razão de desastre, que embora não excedendo a capacidade inicial de resposta do município ou do estado atingido, requer auxílio complementar do estado ou da União para as ações de socorro e de recuperação

1 -Quando o município necessita auxílio complementar da União para as ações de socorro e de recuperação 2. Quando a legislação exige o reconhecimento federal para a concessão de benefícios às vítimas do desastre.

Diante dessa classificação ou o  Governo Federal está concedendo situação de emergência graciosamente, ou então o município de Jeremoabo está conseguindo enrolar o Governo Federal juntamente com a população jeremoabense.

Não tem justificativa num estado de emergência, um governo municipal além de criar cargos,, aumentando despesas com pessoal, esbanjar dinheiro com serviço de divulgação, com quantidade de areia (2.000 carradas) que ninguém sabe onde irá estocar essa areia, nem tão pouco como está sendo usada.

Esse foi apenas alguns dos exemplos do que está acontecendo. 

Para aumentar mais um pouco a lista, apresento acima, o quanto irá gastar com lavagem de carros da prefeitura.

Observe também mais quatro cargos comissionados que foram criados em desrespeito a recomendação do TCM-BA.
Com a crianção desses cargos não haverá concurso, sendo o único prejudicado a população de Jeremoabo, que fica privado de arranjar um emprego através do seu conhecimento, sem precisar de favor de ninguém, nem de trocar seu voto por emprego.