Família Montalvao

Família Montalvao

domingo, março 05, 2017

Câmara aumenta cargos de confiança para deputados

Maia, no momento em que teve anunciada sua reeleição à presidência da Câmara
Diretores da Casa trabalham até no sábado para concluir proposta encomendada por Rodrigo Maia que ampliará número de vagas a serem preenchidas por funcionários escolhidos por parlamentares e partidos. Mudança foi costurada na campanha da nova Mesa Diretora
CONTINUE LENDO...

OUTROS DESTAQUES

Jucá

Temer faz rodízio entre investigados da Lava Jato na liderança do governo

Presidente confirma ida de Romero Jucá para a liderança do governo no Senado e a indicação de André Moura como representante do Planalto nas discussões do Congresso. Vaga deixada por ele na Câmara é ocupada por Aguinaldo Ribeiro. Os três são acusados de crimes no STF
greve_cpers-1483892

A polêmica exigência de contribuição sindical do servidor público

“A cobrança de uma contribuição sindical destinada a financiar também a estrutura federativa dos servidores públicos, nos termos da que é cobrada dos trabalhadores do setor privado, dada a ausência de uma estrutura federativa real no serviço público, não tem aplicação fática”
Aécio admite ter pedido contribuição para aliados, mas nega ter solicitado doação por caixa dois

Tucanos declararam 25% do valor delatado por executivo da Odebrecht

Benedicto Junior disse que repassou R$ 6 milhões em caixa dois para campanhas a pedido de Aécio. Candidatos citados e partido registraram R$ 1,5 milhão ao TSE, informa O Globo
Líder tucano diz que presidente não responde às perguntas dos senadores

Executivo da Odebrecht delatou campanhas estaduais

Segundo ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, doações estão detalhadas em 60 anexos do acordo de sua delação premiada. Dirigente afirma que tinha boa relação com vários partidos


Janot inclui ministros e senadores do PMDB e PSDB em lista de inquérito

Procurador pedirá ao STF a abertura de inquérito para investigar citados nos relatos de executivos da Odebrecht; delatados negam ter recebido pagamentos ilegais da empresa

Delatores da Odebrecht cumprirão pena sem terem sido condenados

Especialistas consideram acordo controverso; PGR alega sigilo e se nega a comentar o caso