Família Montalvao

Família Montalvao

sábado, março 25, 2017

Auditoria da dívida, restrição ao foro e defesa dos direitos LGBT, os temas mais votados no Diálogos 2

Diálogos
Mais de cem pessoas participaram da definição dos temas sugeridos pelo Diálogos Congresso em Foco 2 para ajudar a tirar o país das suas principais crises. Confira a lista completa das recomendações
CONTINUE LENDO...

OUTROS DESTAQUES

Fabio Pozzebom/Agência Brasil

Psol irá ao STF contra terceirização

Partido aguarda apenas a sanção do presidente Michel Temer para ir ao Supremo contestar a legalidade da proposta aprovada na quarta-feira (22) pela Câmara Deputados
"Democracia se faz com políticos", disse Gilmar

Gilmar Mendes compara anistia ao caixa 2 com a lei da repatriação de recursos

“O Congresso votou a anistia da repatriação, que fez com que muita gente trouxesse dinheiro de fora, e ninguém está dizendo que essa anistia é inconstitucional”, afirmou o presidente do TSE
IMG_5323

As propostas aprovadas no Diálogos Congresso em Foco 2

Confira abaixo as recomendações priorizadas pelos participantes da segunda edição do evento que tem como objetivo discutir saídas para as crises política e econômica e o enfrentamento à corrupção

Entidade cobra inclusão de formação política no currículo escolar

Para a Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, disciplina deve ser estudada desde a infância até o ensino superior

Para receber mais verba, centrais podem apoiar Temer em reformas

Sindicatos oferecem reduzir oposição às mudanças em troca de regulamentação de taxa

Cervejaria tinha conta junto com Odebrecht, afirma delator

'Era uma burla eleitoral', diz ex-executivo sobre participação da Itaipava; grupo nega a violação
Monitores da Odebrecht: Otavio Yazbek (sem gravata) e Charles Duross – Keiny Andrade/FolhapressODEBRECHT

Monitores que fiscalizam empresa apontam cultura interna como risco

Dupla indicada pelos EUA e pela força-tarefa da Lava Jato irá monitorar empreiteira por 3 anos

Governo crê que atos não serão grandes nem vão mirar Temer