Família Montalvao

Família Montalvao

sexta-feira, fevereiro 03, 2017

Parece que dessa vez as oposições em Jeremoabo irão agir com inteligência

Oposição poderá se unir por candidatura única em Jeremoabo

Por Luiz Brito DRT 3.913- luizbritoradialista@gmail.com
Divulgação
O município de Jeremoabo nos últimos dias vive um cenário de incertezas políticas e econômicas. Na terra da Jurema em flor, existe a perspectiva de que os partidos de oposição ao Governo do PSD consigam lançar uma única candidatura em eleição ainda sem data definida, embora os mais otimistas acreditem que esta acontecerá até junho deste ano.  A informação me foi passada por um empresário local. Segundo ele, quanto mais cedo a eleição acontecer melhor para o candidato da oposição Derí do Paloma. De acordo com a fonte, o prefeito Interino Antonio Chaves(PSD), não teria tempo suficiente para criar uma identidade própria  e concorrer em igualdade de condições, mesmo conduzindo a máquina.  A oposição acredita que na disputa direta com Antonio Chaves, Derí ganha com no mínimo 70 % dos votos, principalmente se esta ocorrer  em junho.  Mesmo que se prolongue por mais alguns meses, o cenário será favorável a Derí. Depois de tres derrotas consecutivas, Derí do Paloma, finalmente aparece com chance real de vitória.

Nota da redação deste Blog - Segundo informação de um cidadão que não quis ser identificado, o grupo de Anabel faltando meses para as eleições encomendou uma pesquisa.
Nessa pesquisa ficou concretizado que qualquer candidato do seu grupo perderia para DERI, resultado, mesmo sabendo que não poderia sair candidata pela terceira reeleição, a candidata sem registro resolveu jogar seus eleitores nessa empreitada sem futuro, verdadeiro estelionato eleitoral.
A jogada da candidata sem registro era a seguinte: até depois das eleição existia uma norma que enquanto um recurso eleitoral não tivesse seu curso até o " transito e julgado", não poderia haver novas eleições.
Observem com atenção essa jogada de como fazem o eleitor de Jeremoabo de palhaço. Mesmo antes das eleições Anabel iniciou a jornada de recursos com direito a protelações, plano bem arquitetado, armação diabólica.
Com essa jogada elegeram Antonio Chaves presidente da Câmara para posteriormente assumir interinamente a Prefeita, só que na armação do grupo de Anabel,  essa interinidade só iria terminar em 2020, porque iriam ingressar com recurso no TSE e posteriormente no STF.
Como a justiça de Deus não falha, o TSE determinou que para haver novas eleições não haveria necessidade do processo ser julgado em última instância, ou seja no STF.
Como a jogada da candidata sem registro pifou, a mesma está no mato sem cachorro.
O prefeito interino não irá readmitir os contratados em cargo de comissão porque o povo está de olho para denunciar ao Ministério Público.
Para usar a máquina está difícil.
Se DERI organizar sua fiscalização, eles irão perder e feio, podem colocar quem quizer.