Família Montalvao

Família Montalvao

terça-feira, fevereiro 14, 2017

Associação cria campanha para mudar ICMS e acabar com guerra fiscal entre estados

A sistemática do ICMS prejudica a economia, afirma aSpada
Com apoio do BID, o Movimento Viva, lançado pelos fiscais de renda de São Paulo, pretende elaborar novo modelo de arrecadação do principal tributo estadual e propor ao Congresso uma nova legislação para simplificar a arrecadação e melhorar o ambiente de negócios
CONTINUE LENDO...

OUTROS DESTAQUES

Capitão Assumção

Ex-deputado e outros 154 PMs integram primeira leva de indiciados por paralisação no ES

Na reserva remunerada da Polícia Militar, Capitão Assumção foi deputado federal entre 2009 e 2011 pelo PSB. Grupo faz parte dos mais de 700 policiais militares que podem ser expulsos e condenados a até 20 anos de detenção por participação em movimento grevista. Veja primeira lista de indiciados
A “alma morta” de alguns, sob o olhar do cronista

Bestas e fascistas – a crueldade diante da morte alheia

O que une a falta de ética médica e o sentimento anti-PT, na esteira da morte de Dona Marisa. “Alguém que sente felicidade pela morte do próximo é um infeliz. É um ser que está com a própria alma morta”
x

Por que não os juros?

“Diante da sem cerimônia com que o governo anuncia a quebra das regras, perguntamos: por que não dar o calote na dívida pública? O calote na dívida pública seria uma quebra de regras tanto quanto a intencionada reforma da Previdência. Só que com efeitos maiores”
Meio milhão de famílias pedem para voltar a receber auxílio do Bolsa Família. Cenário é resultado da crise econômica

Crise econômica leva cerca de 3 milhões de brasileiros à pobreza

Com otimismo, número de pessoas consideradas pobres no país em 2017 chegará a 19,8 milhões. Dessas, 8,5 milhões estariam caracterizadas como extremamente pobres. No cenário pessimista, que contabiliza mais um ciclo de recessão econômica, cerca de 20,9 milhões ficarão abaixo da linha da pobreza, detalha O Globo


Censura à reportagem da Folha é inconstitucional, dizem professores

Decisão de um juiz de Brasília de proibir publicação sobre a primeira-dama Marcela Temer viola o artigo da Constituição brasileira que assegura a liberdade de expressão