Família Montalvao

Família Montalvao

segunda-feira, janeiro 16, 2017

O governo precisa de profissionais e não distribuir cargos aos parentes, amigos e apoiadores de campanha


vagas
É fato que administrar uma cidade tendo como meta atender os interesses e necessidades da população tornou-se algo relativamente difícil na política atual. Hoje se faz necessário políticos com grande habilidade e capazes de equacionar conflitos.
A receita para uma boa administração pública, que resumo logo abaixo, a maioria conhece, mas poucos conseguem colocá-la em prática.
O mínimo que um governo precisa ter são secretarias e equipes profissionais, porém muitos se vêem obrigados a distribuir cargos aos parentes, amigos e apoiadores de campanha, que nem sempre estão aptos a desempenhar tal papel.
Mapear as prioridades e necessidades do município, pois dificilmente existe verba para realizar tudo e de uma só vez. Planejar as ações, detalhar a execução, ser transparente no uso do dinheiro público, e buscar incessantemente recursos federais, estaduais, de organismos internacionais e do setor privado, são atitudes básicas para o sucesso.
Os problemas da nossa cidade, Canavieiras, todos conhecem bem. Nossa densidade demográfica é sem dúvida uma das melhores da região, e nossa renda per capita, uma das menores do estado. Temos ainda, problemas de infraestrutura, de moradia onde algumas áreas precisam ser urbanizadas, problemas de segurança, saúde, educação, etc e etc…
,
Os problemas estão ai, agora só falta resolvê-los. A população clama por ações que tragam qualidade de vida acessível a todos, de forma social ampla, eliminando carências e exceções. Fica o alerta, poucos têm a capacidade de realizar as mudanças necessárias e de administrar os conflitos que elas geram.
A política é fundamental, pois através dela se constrói grande parte do que é necessário para a vida da população. Não podemos ingenuamente nos abster, cabendo a cada um de nós a discussão e pressão aos governantes.
A maioria da sociedade evita esse tema, talvez por achar que isso é responsabilidade de quem está no poder, mas não sabem, ou ignoram que isso fortalece ainda mais a chance de os desonestos se corromperem com facilidade e continuarem enganando o povo.
Por Wagner Darzan


Nenhum texto alternativo automático disponível.
Nota da redação deste Blog  --  Esta matéria é uma radiografia do que sempre aconteceu em Jeremoabo e continua existindo nos dias de hoje.
A prefeitura não é para servir os interesses da população, ,mas para beneficiar um grupo que dela se apodera.
Durante essa semana que passou, o que mais postaram nos diversos grupos do Watts foi concernente a nomeação de Pedrinho e Manu em duas importantes secretarias.
Quem se assustou com tais nomeações, ainda não entendeu os macetes da politicagem de Jeremoabo.
Pedrinho mais Manu pode até não possuir votos, todavia, tem armas para brigar.
Não foi de forma gratuita que expuseram sua genitora além de idoso também com saúde frágil, ao ridículo  de candidatar-se juntamente com uma candidata sem as mínimas condições legais de conseguir um registro, o resultado todos viram.
De todos os secretários já escolhidos, Pedrinho e Manu são os únicos que podem exigir o cargo que quer ocupar, mesmo talvez até não possuindo o mínimo de capacidade.
Digo isso pelo seguinte fato: daqui há poucos meses haverá novas eleições, Pedrinho e Manu que de otário nada tem, possuem o tempo do horário eleitoral pertencente ao PMDB, tempo esse que usa como mercadoria de troca, portanto, se suas pretensões não forem aceitas e atendidas, ele simplesmente pula para  o lado do candidato opositor.
Aliás, por falar em pulo, são especialistas. Manu para se eleger pulou para Spencer, para se reeleger pulou para Deri, onde mais uma vez tentando ser reeleito, pulou para Anabel e caiu.
Existe um ditado que diz: " malandro demais se atrapalha".
Infelizmente enquanto esse grupo permanecer no desmando administrativo municipal de Jeremoabo, a única coisa que muda são os nomes dos cabeças, porém, as atitudes e os métodos são os mesmos.
"Oportuno nestas conclusões devolver as palavras a Rui Barbosa, com sua magistral sapiência: “A força do direito deve superar o direito da força”. Além disso, escrevera: “Três âncoras deixou Deus ao homem: O amor à Pátria, o amor à liberdade, o amor à verdade. Cara nos é a Pátria, a liberdade, mais cara; mas a verdade, mais cara de tudo.
  1. damos a vida pela Pátria.Deixamos a Pátria pela liberdade. Mas à Pátria e a liberdde renunciamos pela verdade.Porque este é o mais santo de todos os amores.
    Os outros são da terra e do tempo. Este vem do céu e vai à Eternidade…”