Família Montalvao

Família Montalvao

segunda-feira, novembro 28, 2016

Campanha de Dilma pagou funcionários de Temer

Dilma
Comprovantes de depósitos e recibos apresentados ao TSE indicam que quatro colaboradores diretos de Temer receberam R$ 543 mil da campanha da petista em 2014. Pagamentos contrariam tese da defesa do peemedebista em processo de cassação da chapa
CONTINUE LENDO...

Brasil precisa de tolerância, diálogo e um novo pacto nacional

“O Brasil precisa de mudanças estruturais. Temos que abordar, até 2017, a inevitável reforma da Previdência, a modernização das relações de trabalho, a reforma política e a simplificação do sistema tributário. Isto só será possível com um amplo diálogo nacional”
No centro da crise, Temer tenta emplacar uma agenda positiva na reta final do ano legislativo

Para abafar crise, Temer convoca Renan e Rodrigo Maia e promete barrar anistia a caixa dois

Diante da tempestade política intensificada com a demissão de seu braço-direito, Geddel Vieira Lima, presidente convoca coletiva de imprensa e promete, ao lado dos presidentes do Senado e da Câmara: “Não há a menor condição de levar adiante essa proposta”
Nuvens negras se anunciam para o governo em semana considerada crucial para Temer

Caso Geddel mergulha governo na crise e ameaça votações do ajuste fiscal no Congresso

Crise política provocada pelo ex-ministro vai testar força do governo para aprovar proposições tidas como essenciais nesta semana. Temas como as medidas anticorrupção e o caixa dois, além da MP do ensino médio e do projeto sobre abuso de autoridade também movimentam pauta do Senado e da Câmara. PEC do teto de gastos é prioridade
Ao pé do ouvido: Temer sempre escutou Geddel e deve boa parte de sua trajetória política ao soteropolitano

Geddel, o operativo cabo eleitoral de Temer

Um perfil de Geddel Vieira Lima, o parceiro de longa data do presidente. Baiano de língua ferina, ele chegou ao Planalto para exercer um dos cargos mais importantes da República, o de articulador político. Caiu acusado de articulação dos próprios interesses


Garanta benefício sem desconto no pedido de revisão

Benefício concedido após 18 de junho de 2015 tem chance de entrar em cálculo mais vantajoso com revisão no posto do INSS

PASSEIO SEM SUSTO
Veja dicas para organizar a
sua viagem no final do ano