Família Montalvao

Família Montalvao

sábado, outubro 08, 2016

Terceira reeleição igualzinho a Jeremoabo.

Luiz Mandiocão ganhou o direito de assumir o mandato e Ana Grasiela teve a candidatura indeferida
Luiz Mandiocão ganhou o direito de assumir o mandato e Ana Grasiela teve a candidatura indeferida
Ex-gestor de Rio Bonito tem votação validada e prefeita de Iguaba Grande fica de fora
Em julgamento realizado na tarde desta quinta-feira o Tribunal Regional Eleitoral confirmou o registro do candidato do PP à Prefeitura de Rio Bonito, José Luiz Alves Antunes, o Luiz Mandiocão, validando seus 14.826 votos, o que garante a ele o direito de assumir o mandato de prefeito daquela cidade em janeiro. Na mesa sessão o TRE manteve indeferida a candidatura à reeleição da prefeita de Iguaba Grande, Ana Grasiela Magalhães, também do PP, o que confirma, pelo menos por enquanto, a eleição de Hugo Canellas Filho (PSB) para governar o município pelos próximos quatro anos.
Por ter disputado a eleição com o status “indeferido com recurso”, José Luiz teve a votação computada em separado e o segundo colocado no pleito, o deputado estadual Marcos Abrahão (PT do B), foi declarado eleito com 11.485 votos. Ana Grasiela teve 7.660 votos e Hugo Canellas Filho 4.882, mas foi declarado eleito no domingo pelo fato de a atual prefeita ter concorrido subjudice.
No caso de Grasiela o TRE entendeu que ela não poderia se candidatar à reeleição, por ser nora do ex-prefeito Oscar Magalhães, que renunciou ao cargo em 2012. "O que a pré-candidata pleiteia, com o presente requerimento de registro de sua candidatura ao cargo eletivo de prefeito de Iguaba Grande, constitui efetivamente um terceiro mandato do mesmo grupo familiar", decidiu o juízo da 181ª Zona Eleitoral na sentença que foi confirmada nesta quinta-feira em segunda instância.