Família Montalvao

Família Montalvao

domingo, outubro 09, 2016

Eleições de Jeremoabo, muitos boatos e pouca verdade.

Resultado de imagem para foto registro impugnado


Diferença entre diplomação e posse


Diplomação e posse não se confundem.
diplomação é formalidade que torna apto para a posse o candidato que se sagrou vencedor nas eleições. Espécie de comprovante de que o candidato foi eleito. É o atestado expedido pela Justiça Eleitoral certificando a regular eleição do candidato.
Já a posse é ato público ulterior, por meio do qual o parlamentar investe-se oficialmente no mandato. A posse marca o início do exercício do mandato do candidato eleito e diplomado.
Nota da redação deste Blog - Vamos jogar essa matéria para nossos grupos do Facebook para discutirmos em cima de fatos reais sobre a recente eleição municipal de Jeremoabo.
Considerando que o Facebook é um dos locais onde poderemos se comunicar, dialogar, debater, aceitar ou contestar democraticamente, enquanto não sai a Sentença final do candidato eleito de Jeremoabo vamos dialogar em cima de quatro casos concretos sentenciado por TRE da Bahia e do interior de São Paulo,
Como já publiquei neste Blog, dois candidatos a prefeito sendo uma de Lençóis e outro de Itabuna Bahia, bem  como também mais outros do interior de São Paulo, no pleito eleitoral próximo passado ficaram classificados em segundo lugar de acordo com o quantitativo de votos obtidos.
Acontece que os eleitos entre aspas por irregularidades não conseguiram registrar a candidatura por irregularidades, é o caso de Jeremoabo.
Como os senhores já leram no início estão sabendo o que seja diplomação diplomação e posse.

Segunda colocada nas eleições de Lençóis é declarada prefeita eleita

Candidato com mais votos, Marcão (PRB) teve a candidatura considerada inapta por conta da Lei da Ficha Limpa
Da Redação (redacao@correio24horas.com.br)
A candidata Vanessa Sena (PSB) foi declarada a prefeita eleita de Lençóis, na Chapada Diamantina, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), mesmo tendo ficado em segundo lugar nas eleições de domingo (2). Candidato com mais votos, Marcão (PRB) teve a candidatura considerada inapta por conta da Lei da Ficha Limpa.
O candidato Marcão responde por fraude na Justiça. Ele também teve as contas rejeitas pela Câmara Municipal - ele foi prefeito de Lençóis entre 2009 e 2012. O TRE informa ainda que o candidato enfrenta processo por abuso de poder econômico, abuso de poder político e captação ilícita de sufrágio. 
A decisão ainda será julgada pela instância superior. Enquanto isso, é considerado eleito o candidato com mais votos contabilizados.
Marcão entrou com recurso e caso consiga validar sua candidatura antes de Vanessa Senna tomar posse ele irá assumir a prefeitura. Nas eleições, ele teve 2.411 votos e Vanessa teve 2.341. Nulos e brancos somaram 2.806 votos.
Transcrevi mais uma vez essa matéria para que os senhores entendam que existem muitas contradições a respeito desse assunto, onde só teremos certeza após sentença do TSE.
Deixo apenas perguntas para os senhores analisarem e discutirem: Se o segundo  colocado não assume o cargo de Prefeito, porque o TRE declara eleita a prefeita?
Declarado eleito, pela lógica será diplomado, quem é diplomado está apto para assumir, e se está apto para assumir, qual o motivo para o Presidente da Câmara de Vereadores assumir?
A realidade nua e crua é a seguinte: até que provem em contrário, o prefeito hoje é Deri, não sei amanhã, sei apenas que se houver outra eleição Anabel não poderá disputar.
Esse vídeo da TVBA bahia estou publicando para que os senhores entendam as contradições, inclusive a Prefeita de Lenções e o Prefeito de Itabuna alí citados, já foram considerados eleitos pelo TRE, o mesmo irá acontecer com Deri se houver coerência.por parte do TRE-BA.