Família Montalvao

Família Montalvao

segunda-feira, setembro 26, 2016

Lavagem cerebral perfeita



É impressionante a capacidade que a candidata sem registro Anabel possui para iludir, enganar, subtrair o tirocínio e a capacidade de racionar dos seus eleitores, sem saber distinguir o que é´falso e o que é correto.
Foi uma lavragem cerebral tão perfeita que transformou alguns em alienados e outros em verdadeiros fanáticos. 
É humanamente impossível acreditar que a pessoa leia o que diz a Lei, leia  e assista o que julgam e dizem os ministros dos tribunais superiores, leia e escute a sentença de um Juiz e a representação do Ministério Público, e mesmo assim, ainda diga que todos estão errados só quem está certa é a candidata que nem registro conseguiu.
Toda essa parafernália que está acontecendo na politicagem de Jeremoabo faz-me lembrar da  história de  "Joõezinhos do Passo Certo"
Conta a história que o soldado Joãozinho do Passo Certo marchava num compasso diferente dos outros 999 soldadinhos. Ao ser questionado pelo Sargento ele afirmou que o compasso dele estava correto: “Os outros é que estavam marchando errado!”

Infelizmente esta é a realidade neste município de Jeremoabo. O perfil e o comportamento de muitos jeremoabenses é profundamente lamentável. No nossa cidade, fazer o certo é a exceção. O sujeito que não passa a perna em ninguém, que não tenta levar vantagem em tudo e que pensa no coletivo acima do individual é a exceção. É o Joãozinho do Passo Certo ao contrário.

Numa terra em que a maioria das pessoas está sempre tentando levar vantagem em tudo e se “dar bem”, este texto é uma conclamação a todos os Joõezinhos, para que iniciem uma revolução silenciosa nesta cidade, tornando-o mais agradável e justo para se viver. Que os Joõezinhos da cidade sejam os exemplos a serem seguidos pelos demais, que teimam em andar no passo errado. Que os Joõezinhos da cidade  cresçam, apareçam e se multipliquem. Este texto conclama os Joõezinhos a nunca desistirem de ser Joõezinhos. (adaptação do 
Site do Dr. I)..
Provavelmente no próximo dia dois de outubro, teremos uma eleição onde  uma candidata ira disputar sem que o seu registro seja julgado pelo menos no segundo grau, TRE Bahia, Teremos uma eleição onde quem votar nessa candidata, não irá saber quantos votos a mesma obteve, e o pior permacer na dúvida, na incerteza se esses votos serão anulados ou válidos.