Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, agosto 25, 2016

Folha diz que, além de Toffoli, outros dois ministros do Supremo foram investigados

Resultado de imagem para supremo  charges
Charge do Ivan Cabral (ivancabral.com.br)
Mônica Bergamo
Folha
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGAs notícias sobre corrupção de ministros dos tribunais superiores já circulam há vários meses, desde a armação feita pela presidente Dilma ao nomear um ministro amestrado para o STJ com a missão de libertar Marcelo Odebrecht e outros empreiteiros. A manobra veio à tona e foi desarmada no tribunal, um vexame completo que acabou causando o processo aberto contra Dilma e Lula no Supremo. Depois, o assunto se robusteceu dia 2 de julho, quando o jornalista Jorge Bastos Moreno publicou em O Globo que um dos mais famosos advogados do país está fazendo delação e já entregou nomes de ministros desses tribunais que se envolveram em manobras “pouco republicanas”. Agora, Mônica Bergamo volta com idêntica informação, sinal de que a batata está esquentando, como se diz popularmente. E a notícia confirma o que publicamos aqui na TI, dando conta de que na verdade eram três os ministros investigados. (C.N.)

Ibope revela desabamento do PT tanto no Rio quanto em São Paulo

Resultado de imagem para DECADENCIA DO PT CHARGES
Charge do Millôr, reproduzida do Arquivo Google
Pedro do Coutto

Decisão de Janot faz Léo Pinheiro ficar em silêncio e causa retrocesso na Lava Jato 

Resultado de imagem para rodrigo janot charges
Charge do Oliveira, reprodução do Diário Gaúcho
Carlos Newton

O mais no mesmo permanecerá por quanto tempo ainda?

Charge do Jota A, reprodução do Portal O Dia
Carlos Chagas 

Marco Aurélio defende a Lava Jato, mas pede que vazamento seja apurado

Resultado de imagem para marco aurelio mello
Marco Aurélio discorda das críticas de Gilmar Mendes
Isadora Peron
Estadão

Temer se aposentou como procurador aos 55 anos e ganha R$ 45 mil mensais

Resultado de imagem para temer aposentadoria
Ilustração reproduzida do Arquivo Google
Deu na Gazeta do Povo

Dinheiro da corrupção bancava até coquetéis no palácio do governo de Goiás

Resultado de imagem para marcone perillo
Governador Perillo já está condenado por improbidade
Deu no Estadão

Afinal, o que se passa na cabeça dos intelectuais que insistem em apoiar o PT?

Resultado de imagem para caetano, gil, chico e fernando morais
Fotomontagem da Época, reprodução do Arquivo Google
Ednei Freitas

Dilma Rousseff vai ter vida de penúria após deixar a Presidência da República 

Resultado de imagem
Charge do Jota A, reproduzida do Portal O Dia
Jorge Béja 

NOTA DE REDAÇÃO DO BLOGO jurista Jorge Béja demonstra preocupação com o futuro de Dilma Rousseff, mas é improvável que ela venha a passar dificuldades financeiras, porque certamente tem muito dinheiro poupado e poderá sobreviver com tranquilidade até o final de seus dias. Desde 1985 (portanto, há mais de 30 anos), quando Dilma e o marido deputado eram do PDT e ela assumiu a Secretaria de Fazenda da Prefeitura de Porto Alegre, na gestão de Alceu Collares, a futura presidente jamais deixou de ocupar cargos públicos de alta remuneração. Tornou-e uma profissional da política e foi Secretária de Minas e Energia do Rio Grande do Sul, nas gestões dos governadores Alceu Collares e de Olívio Dutra. Em 2003, Dilma se tornou ministra, até ser eleita presidente da República. Como se sabe, salário de ministro e presidente é superior a R$ 30 mil mensais, com carro oficial, todas as despesas pagas e um cartão corporativo internacional para usar e esbanjar, podendo custear até as viagens do cabeleireiro Celso Kamura entre o Rio e Brasilia. No meu cálculo, Dilma deve ter hoje alguns milhões acumulados, que podem lhe garantir rendimento mensal mínimo de R$ 10 mil a cada milhão aplicado. Nada mal, portanto. (C.N.)

Secretário-geral do TSE defende “punição exemplar” para abuso de autoridade

Resultado de imagem para abuso de autoridade charges
Charge do Cicero, reprodução de www.cicero.art.br
Deu no Correio Braziliense
(Agência Estado)

Supremo vai  decidir sobre legalidade da retirada de conteúdos da internet

Charge do Duke (dukechargista.com.br)
Deu na Folha

Janot errou ao suspender açodadamente a delação do empreiteiro Léo Pinheiro

Pinheiro ainda tem muito a revelar à Justiça
Jorge Béja