Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, julho 28, 2016

A candidatura que deu " Chabu." ou " nasceu morta".

O Conselheiro aposentado, do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, Antonio Manoel de Carvalho Dantas, embora nunca tenha disputado um mandato eletivo, pretende ser candidato a prefeito da sua cidade natal, Jeremoabo no vizinho estado da Bahia. Tonho Manoel é pecuarista na região e correntes políticas locais, o tem encorajado nessa empreitada. Manoel teve até chances de ser candidato a Assembleia de Sergipe quando era Secretário da Fazenda no Governo Augusto Franco. O governador tinha uma admiração e confiança no jovem gestor, mas ele não se empolgou. Seguiu a carreira como servidor público e chegou ao TCE-SE e lá  aposentou-se. Será talvez o maior presente que a cidade de Jeremoabo terá é eleger Tonho Manoel como seu prefeito. É um homem realizado, de sucesso na vida pessoal, sem as ambições naturais de quem está chegando ao poder e tem prestígio em toda esfera da política nacional. Jeremoabo qual um Fênix, poderá renascer para um futuro melhor para seus filhos e seus netos.

Fonte: A Voz dos Municípios
 
Nota da redação deste Blog - Quando li esta aventura em 2011 coloquei nos meus arquivos, para na época oportuna conferir.
Achei as possibilidades muito remotas, mas como em Jeremoabo as vezes o impossível acontece, aguardei para ver.
Não é que Antonio Manoel não seja um bom candidato, no entanto, ele começou pelo lado errado, do lado que quanto mais come, mais tem apetite para comer em  "famiglia,".
 Não foi por acaso que criaram o slogan " cuidando da nossa gente"
Há um ditado popular nordestino que diz: “Mandacaru não dá encosto nem sombra”.
“Só quem senta em pé de mandacaru é passarinho”.
Um dos motivos  dos profissionais da politicagens de Jeremoabo não indicarem o Antônio Manoel, é que temem que o mesmo faça um bom governo, que não  acoberte nem dê prosseguimento as improbidades com cadeira cativa na administração municipal.
A única possibilidade mesmo remota, de indicarem  Antonio Manoel como pré-candidato a prefeito de Jeremoabo, seria pelo simples motivo  da atual prefeita está inelegível, estão desprovidos de candidatos que tenham penetração perante os eleitores, liderança que é bom, estão despidos, e prestígio muito pouco.
Parece também que a canoa já está furada, e começou a entrar água, isso porque a juventude de Jeremoabo não está satisfeita com a corrupção explicita dos seus " falsos e improbos lideres", nem tão pouco estão aceitando a mentalidade arcaica e ultrapassada do " rouba mais faz".