Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, junho 16, 2016

O funeral de mais uma ação impetrada por Moura e "tista de deda", na tentativa de censurar este Blog, ferindo “as garantias constitucionais de livre manifestação do pensamento e informação”..



0001718-62.2012.805.0142 - Termo Circunstanciado
Autor Do Fato(s): Jose Dantas Montalvao
Vítima(s): Manuel Antonio D Moura, Joao Batista Melo De Carvalho
Sentença: O EXMº. SR. DR. EUCLIDES DOS SANTOS RIBEIRO ARRUDA, Juiz de Direito da Vara Crime, Execuções Penais, Júri,
Infância e Juventude e Juizado Adjunto desta Comarca de Jeremoabo, do Estado Federado da Bahia , na forma da Lei, etc.
FAZ SABER - que foi ingressada neste Juízo, Termo Circunstanciado, o qual encontra-se registrado sob nº 0001718-
62.2012.805.0142, tendo como suposto(s) autor(es) do fato, JOSÉ DANTAS MONTALVÃO.
E, havendo sido declarada a prescrição da pretensão punitiva estatal e julgado EXTINTA A PUNIBILIDADE do(a) suposto
autor(es) do fato em SENTENÇA, fica intimado(s) o(s) suposto(s) autor(es) do fato, relativamente ao caso em apreço. O
presente edital deverá permanecer afixado no átrio deste Fórum pelo prazo de 15 (quinze) dias.
Dado e passado na cidade e Comarca de Jeremoabo, aos 15 dias do mês de junho do ano de 2016. Eu, (Leonardo
Bitencourt de Hungria), Diretor de Secretaria, que o fiz digitar e subscrevi.
EUCLIDES DOS SANTOS RIBEIRO ARRUDA
Juiz de Direito 


Nota da redação deste Blog - Eu poderia muito bem entrar com representação conta o ex-padre Moura, pelas suas improbidades, todavia, irei deixar que o tempo se encarregue disso, esperarei pela " lei do retorno", pois aqui se faz, aqui se paga.
Quanto ao "tista de deda", a justiça já está se encarregando de aplicar o castigo merecido, as ações contra esse artistas, são intermináveis, até hoje, o Ministério Público Federal entra com representações contra o mesmo na Justiça Federal de Paulo Afonso. Se pesquisarem no site da Justiça de Jeremoabom existem ações que não terminam nunca.
O ex-padre Moura, talvez pensando que a Justiça era corrupta, ingressou em Jeremoabo com mais de uma dúzia de ações no foro de Jeremoabo, na tentativa de intimidar esse Blog, tentando induzir a Justiça a decretar a censura, tudo isso, na expectativa de proibir a divulgação das falcatruas, improbidades cometidas pelo seu " poderoso chefão", para que o povo não tomasse conhecimento de nada.
A Justiça fez Justiça, não ferindo  “as garantias constitucionais de livre manifestação do pensamento e informação”. já as representações do ex-padre, estão caindo igual a manga madura, não segura uma. 





Petrobrás é a ‘madame mais honesta dos cabarés do Brasil’, diz Machado



Charge do César, reprodução de O Diário
Mateus Coutinho, Julia Affonso, Ricardo Brandt, Isadora Peron e Gustavo Aguiar
Estadão
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O mais interessante, na delação de Machado, são os percentuais da corrupção nos níveis municipal, estadual e federal, mostrando por que prefeitos e governadores conseguem enriquecer numa velocidade impressionante. Outra informação importante, que já está se confirmada, é sobre a corrupção em outras estatais. As investigações na Eletrobrás são impressionantes, mas falta tirar a tampa de outros órgãos públicos, como DNIT, que sempre foi campeão de corrupção, quando se chamava DNER. (C.N.)




Procurador muda a versão e agora vai dizer que não cabe inquérito contra Temer



Janot acusou Temer sem provas e agora terá de voltar atrás
André de Souza, Carolina Brígido, Jailton de Carvalho e Vinicius Sassine
O Globo
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Quer dizer que, depois de acusar Temer por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, além de ter chegado à Presidência mediante um plano para destruir a Lava Jato, agora o procurador Janot vai mudar a versão e dizer que não cabe inquérito contra Temer? Como perguntaria nosso amigo Saulo Ramos, com aquela franqueza de aço inoxidável, “que merda de procurador é esse”? Até agora, Janot não se explicou, mas o país aguarda sua explicação, que não existe. Ele é um trapalhão, no mínimo. (C.N.)

Diário do Poder compartilhou um link.
·
A reportagem denunciou recebimentos acima do teto. De acordo com a AMB, essa postura “revela uma lamentável política de desinformação à cidadania”.
diariodopoder.com.br