Família Montalvao

Família Montalvao

sexta-feira, junho 17, 2016

Defesa e acusação têm mais de 100 quesitos e perícia pode atrasar impeachment

Bancada pró-Dilma faz de tudo para retardar o impeachment
Eduardo Bresciani
O Globo
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Conforme previu aqui na Tribuna da Internet o jurista Jorge Béja, se forem respeitados os trâmites jurídicos sobre perícia, o processo atrasará tanto que não se concluirá em 180 dias. A solução é o Senado desprezar os prazos jurídicos e obedecer apenas aos prazos políticos, digamos assim, em nome dos interesses nacionais. (C.N.)


A fantasia das doações eleitorais é a fonte da corrupção em massa no Brasil

Charge do Junião (juniao.com.br)
Pedro do Coutto

Confirmado: Janot aproveitou a delação de Machado para tentar destruir Temer

Charge do Aroeira, reprodução do portal O Dia
Carlos Newton
###
PS – Conforme a Tribuna da Internet informou na madrugada desta sexta-feira, Sérgio Machado já mudou sua versão original. Em nota oficial divulgada nesta quinta-feira, ele já não diz que Temer pediu recurso oriundo de propina.  Pelo contrário, diz que Temer pediu doação e apenas alega que “o vice-presidente e todos os políticos citados sabiam que a solicitação seria repassada a um fornecedor da Transpetro, através de minha influência direta”. E daí? Onde está a ilegalidade do pedido de Temer? Machado cada vez se enrola mais, e a credibilidade de Janot não existe mais. (C.N.)

É melhor ignorar as eleições? Só que não adianta…

Charge do Amâncio, reprodução do Arquivo Google
Carlos Chagas

Machado se enrola cada vez e já não diz que Temer pediu recursos de propina

Nota oficial de Machado contradiz seu depoimento amterior
Leandro Prazeres
Do UOL
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Sérgio Machado cada vez se enrola mais. Agora, já não diz que Temer pediu recurso oriundo de propina. Apenas alega que “o vice-presidente e todos os políticos citados sabiam que a solicitação seria repassada a um fornecedor da Transpetro, através de minha influência direta”. E daí? Onde está a ilegalidade do pedido de Temer?  (C.N.)

Pedaladas e ilegalidades contábeis de Dilma chegaram a R$ 260 bilhões em 2015

Charge do Sponholz (sponholz.arq.br)
Isabella Souto
Estado de Minas
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
É impressionante a matéria do Estado de Minas, enviada pelo comentarista Wilson Baptista Jr. Desta vez, foram R$ 260 bilhões. Ou seja, se Dilma não tivesses sido afastada, com toda certeza levaria o país a uma situação de falência técnica. E o desemprego e o sofrimento do povo aumentariam progressivamente. (C.N.)

'Político em campanha só pensa na receita', diz Pessoa

Julia Affonso, Mateus Coutinho e Fausto Macedo
Empreiteiro da UTC descreveu ao juiz Sérgio Moro entregas de dinheiro em espécie ao PT