Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, julho 31, 2014

Ao pessoal do Bairro São José e adjacência só resta apelar para " mãe do bispo".

Em Jeremoabo existe um problema de poluição grave que vem transpondo décadas, e não é resolvido por diversos fatores, principalmente pelos profissionais da politicagem que para não perderem votos, preferem sacrificar um Bairro inteiro em benefício de poucos.
Segundo uma moradora daquela localidade a população vive confinada em suas residências na espera de  amenizar as conseqüências prejudiciais a saúde como, falta de ar, garganta ardendo,  alergia, sequelas pulmonares e cardíacas,  além dos danos materiais.
 Ainda segundo outro cidadão que não quis se identificar, na área afetada existe um Escola, onde vários alunos já passaram e ainda passam mal. 
Estou me referindo a poluição ambiental devido as olarias ali instaladas, onde diga-se de passagem que a poluição afeta até a própria cidade de Jeremoabo.
Outro morador que também preferiu não revelar o nome, explica que a queima de tijolos também reflete no meio ambiente. “O forno dele é muito grande e a intensidade de fumaça é bem maior. Isso prejudica as árvores, plantas. que estão morrendo com a fumaça e o calor é imenso”, diz.
O que o povo prejudicado espera, não é acabar com os pequenos proprietários das olarias, para que sirvam como " boi de piranhas ", que dali tiram sua sobrevivência e da própria família, mas que a Prefeitura que é o órgão diretamente responsável pelo caso,  encontre uma solução pela qual não venha a prejudicar nem os cidadãos ali  residentes, nem tão pouco a todos proprietários das olarias ali existentes.

Para que os responsáveis pela omissão das providências entendam a gravidade do fato, estou transcrevendo abaixo o desabafo de uma cidadã prejudicada, que postou nas Redes Sociais;
" Taninha Ribeiro nem sempre resolvem meu caro amigo,porque está poluição das cerâmicas são mais de 50 anos,não é só 10 dias de atraso,50 anos não é brincadeira! o povo não consegue conviver com as ruas emburacadas,mais é obrigado a conviver com a poluição das cerâmicas mais de 50 anos e a saúde em que plano colocaremos ela...1ºlugar festas,2º lugar futebol 3ºetc...etc....etc....25º lugar a saúde,infecções respiratórias,conjuntivite,bronquite,irritações nos olhos,falta de ar,nariz entupido,alergias,desordens cardiovasculares etc...é só isto que a poluição nos causa!"

Agora, pergunto — já que perguntar não ofende: em tudo o que vocês leram acima sobre a falta de autoridade e vontade política para resolver o sofrimento daqueles moradores, em que, exatamente, o (des)governo se qualifica para administrar o Município de Jeremoabo, a não ser cuidando do seu povo empregando os familiares e amigos?












“A prefeita está fazendo malversação com o dinheiro público, está brincando com o dinheiro dos contribuintes sem que nada seja feito para coibir esse abuso.

Ao iniciar esta matéria a respeito de obras inacabadas, quero dizer que fatos semelhantes a esses, fizeram com que a Polícia Federal viesse em missão especial a região, e,  metesse na cadeia todos os prefeitos que agiram de maneira semelhante a de Jeremoabo.
Infelizmente ainda não foi dessa vez que a Polícia Federal agraciou Jeremoabo com a sua visita.

Ontem li no site do meu amigo Bob Charles a matéria intitulada : 

Vereador cobra da prefeita Vilma Negromonte entrega Praça da Juventude à população.


Como em Jeremoabo não existe vereador possuidor de tal capacidade e autoridade, vamos cobrar nós mesmos que somos a parte prejudicada, pois é o nosso dinheiro que está sendo jogado no lamação da incompetência e da improbidade.
Para não ser injusto, informo que, quando Pedrinho de João Ferreira ainda era prefeito, o vereador Jairo disse o seguinte:
No município de Jeremoabo, norte da Bahia, a população busca explicações para a demora na conclusão das obras da ‘Praça do Forró’. Numa entrevista concedida ao repórter Tony Silva da Jeremoabo FM, o vereador da oposição Jairo do Sertão (PSC), chama atenção para a obra inacabada. Ele não diz claramente se há indícios de irregularidades, mas indaga sobre o destino do dinheiro, cerca de R$ 300.000,00 que foram destinados à reforma. 
"Uma obra da maior importância para a infraestrutura pública e a população hoje está inacabada e com fortes indícios irregularidades e suspeitas de “desvio da função do dinheiro público”.,
http://www.jeremoabonoticias.com.br/2013/08/jeremoabo-obra-inacabada-e-alvo-de.html.

Essa denúncia foi feita quando Pedrinho de João Ferreira ainda estava prefeito, mesmo assim, fizeram de conta que o vereador não existia, deram   calado por resposta, já faz quase dois anos que "anafel" é (des)governo e a obra continua inacabada. 
Cabia ao vereador já ter entrado com uma Representação perante o Ministério Público, pois segundo suas próprias palavras "há suspeitas de desvio da função do dinheiro público".

Em Jeremoabo é assim mesmo, o dinheiro público serve para todo mundo, menos para beneficiar o contribuinte chamado de povo.

Ainda a respeito da obra inacabada da Praça do Forró, li um assunto que me chamou atenção e talvez dos senhores também:

A Praça do Forró, ou melhor, a Praça Jonas de Carvalho Gomes, está em adiantado estado de mudança. Com convênio da Conder, ao custo de 300 mil, está ganhando uma nova concepção com espaços para práticas esportivas, caminhadas e lazer, além de um pequeno palco para pequenas apresentações. Bonito projeto! (Roda de Notícias: notícias rápidas de Jeremoabo. Com fotos EM 2 DE SETEMBRO DE 2012.)

Observem que nesta Placa deixaram de colocar o Valor e o término da Obra
                          Praça do Forró antes de começar a nova obra,

                                                Praça do Forró hoje, inacabada. 
          A pergunta: Quem foi o agraciado que ficou com esse dinheiro?



Aqui também se trata de outra obra inacabada, ou seja DA                                     ACADEMIA DE SAÚDE

                 Matagal tomando conta da construção inacabada

                                                      Obra inacabada          

Valor dessa obra: R$ 180.000,00 - Início: 27.06.2013  Obra inacabada, O término dessa obra era para ser entregue em 27.12.2013

Isso é uma vergonha, trata-se da murada da Academia, caminho para o Hospital, Espaduada e Cemitério

É por essa e outras que Jeremoabo se tornou uma Casa de Mãe Joana, qualquer pessoa é eleito(a), se acha o rei, se apodera indevidamente do dinheiro público, não existe fiscalização, o povo é omisso, os vereadores além de omissos são coniventes e subservientes, e esses corruptos se amparam na impunidade.



Após o (des)governo assistir o filme 2012,o ano em que o mundo acaba", está trabalhando e contribuindo com a destruição do Município de Jeremoabo.


Fim da era JB: não há mal que dure para semprehttp://brasil247.com/+b4r94 Agora é oficial: a aposentadoria de Joaquim Barbosa do Supremo Tribunal Federal está publicada no Diário Oficial da União, no decreto assinado pela presidente Dilma ... Ver mais
Foto: Fim da era JB: não há mal que dure para sempre http://brasil247.com/+b4r94 Agora é oficial: a aposentadoria de Joaquim Barbosa do Supremo Tribunal Federal está publicada no Diário Oficial da União, no decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff e pelo ministro José Eduardo Cardozo; sua gestão foi marcada por abusos, agressões a colegas, jornalistas, advogados, entidades da magistratura e, sobretudo, a direitos de defesa assegurados pela Constituição Federal; depois de cumprir um papel lamentável à frente da suprema corte, ele poderá desfrutar a aposentadoria em Miami, num imóvel registrado em nome de uma offshore; nesta sexta-feira, Ricardo Lewandowski será eleito presidente do STF, que poderá, enfim, restaurar a sua dignidade




Coluna A Tarde: No tempo dos coronéis




.

Senado manda ativista pedir documentos na Justiça


“Sugerimos que o senhor entre com os meios legais previstos na lei”, diz o órgão do Legislativo
Casa se nega a fornecer cópias de recibos e notas fiscais de despesas de senadores feitas com dinheiro público. Ativista monta operação para solicitar papelada diretamente dos parlamentares e ameaça montar “lista suja” em caso de nova negativa
CONTINUE LENDO...









Aposentado
até 1997
pode acumularauxílio-acidente

O segurado que teve o benefício cortado ainda pode recuperar a grana no posto
e ganhar os atrasados do período

























O PATRIMONIALISMO POLÍTICO REDUZ A ESPERANÇA DOS JOVENS


,