Família Montalvao

Família Montalvao

quinta-feira, janeiro 31, 2013

Bob  Charles na página Bastidores,  escreveu:

Contas a pagar

Só a prefeita Anabel sabe o valor real da dívida de curto prazo deixada pela gestão Pedrinho  em Jeremoabo
A saber: pagamento dos servidores efetivos de dezembro e 13º salário; dívidas com fornecedores.

Me faz lembrar certo programa de humor da TV onde existe um quadro que diz :

TEM PAÍS QUE É CEGO!




E as pendências da prefeitura de Jeremoabo como ficarão?






Hoje dando um passeio pelo site Paulo Afonso Notícias encontrei a seguinte matéria:


Prefeita Anabel participa de Encontro Com Novos Prefeitos e Prefeitas em Brasília.


A respeito desse encontro em Brasília, na qualidade de cidadão-contribuinte-eleitor, gostaria de saber de onde irá sair o dinheiro para pagar as despesas do marido da prefeita ” o tista de deda”, dispesas essas com transporte, estádias e alimentação?
Será que é da viúva já tão explorada?

As prefeituras que possuem pendências no CAUC do SIAFI sofrem restrições quanto o recebimento de recursos de convênios assinados com Governo Federal.
Aqui faço a pergunta: Jeremoabo com 04(quatro)pendências, como se sairá?

O esquizofrénico combate à corrupção: mais do mesmo?


Adelson Rafael
A literatura sobre corrupção dispõe de diversas definições úteis. Uma definição amplamente citada de “corrupção” é que consiste no “comportamento que se desvia dos deveres formais de uma função pública devido a interesses privados (pessoais, familiares, de um grupo fechado) de natureza pecuniária ou para melhorar o status; ou que viola regras contra o exercício de certos tipos de comportamentos ligados a interesses privados”. De acordo com Robert Klitgaard em “a corrupção sob controlo”, historicamente, o conceito referiu-se tanto ao comportamento político quanto ao sexual. Como a palavra de origem latina corruptus, “corrupto” evoca uma série de imagens do mal, designa o que destrói o carácter saudável. Há um tom moral nessa palavra, pois, originalmente, tinha o significado de “partido em pedaços”, tendo depois assumido o sentido de “podre” ou “apodrecido”.
Para além dos significados associados à decomposição e putrefacção, outros menos correntes poderão também ser atribuídos, destacando: depravação, desmoralização, sedução e suborno. De referir que as definições não são estáticas, sendo que o entendimento das sociedades quanto ao que se considera “corrupto” está, de certa maneira, sujeito à evolução. Todavia, actualmente, a acepção mas usual da palavra corrupção é aquela que se encontra, de certo modo, associada à apropriação ilegítima dos bens e serviços públicos para benefícios ou interesses privados.

E, apesar dos ganhos recentes no combate à corrupção, sejam planificados, circunstanciais ou ocasionais [Moçambique obteve uma alteração positiva de pontuação pela melhoria de 15% ao passar de 2.7 (ano de 2011) para 3.1 (ano de 2012), numa escala de zero a dez], mas continua dos países mais corruptos a nível mundial segundo o índice de percepção sobre a corrupção referente ao ano de 2012, produzido pela “Transparência Internacional”, representando uma despromoção em termos relativos [obteve uma alteração negativa de posição ao passar de 120 (2011) para 123 (2012)] resultante do aumento de número de países avaliados de 182 (2011) para 174 (2012)], bem como da melhoria de combate a um ritmo mais rápido que o nosso.
A “Transparência Internacional” é uma organização não governamental que tem como principal objectivo a luta contra a corrupção. Foi fundada em Março de 1993, sob a liderança de Peter Eigen, funcionário aposentado do Banco Mundial, com experiência em projectos de desenvolvimento no continente africano e América latina, e encontra-se baseada em Berlim  (Alemanha). É conhecida pela produção anual de um relatório no qual se analisam os índices de percepção de corrupção dos países do mundo. O Índice de Percepções da Corrupção é hoje a mais conhecida e utilizada medição da corrupção em pesquisas científicas. Para formar o índice, empresários e analistas de diversos países são convidados a dar sua opinião sobre o grau de corrupção em cada país. Desta forma, o índice não mede, objectivamente, a corrupção, mas sim como o conjunto da sociedade percebe subjectivamente a corrupção em cada país.
Apesar de diversas reformas administrativas de apoio ao combate, há necessidade de suprimir o défice de dispositivos legais de combate à corrupção, de modo a garantir padrões de governação adequados, que possam, de uma forma preventiva, reduzir os riscos de corrupção, designadamente ao nível dos financiamentos dos partidos políticos, dos concursos e fornecimento dos serviços públicos, das incompatibilidades e impedimentos (existência de período de “luto” entre o exercício de cargos políticos e passagem a cargos privados, com interesses incompatíveis, não sendo permitida a estratégia encapotada da prestação de serviços de consultoria), do controlo de riqueza dos políticos (criação de uma declaração mais sintética, que juntem património e interesses, com possibilidade de ser consultada no site do conselho constitucional, e subsequente criação do crime de enriquecimento ilegítimo, sendo que, para tal, não seria necessário a inversão do ónus da prova, mas apenas demonstrar pela acusação, baseando-se em perícias contabilística e financeira, que face aos rendimentos declarados, não seria possível acumular aquela riqueza).
É verdade que o fim da corrupção não pode efectuar-se magicamente por decreto. Mas é só uma mera meia verdade. Pois a criminalização da corrupção pode ser feita por actos, isto é, leis, normas, convenções e tratados, todavia, o combate é um processo continuo a ser observado por todos, pois o exercício da cidadania pressupõe indivíduos que participem na vida comum. Um dos direitos mais importantes dos cidadãos é o de não ser vítima da corrupção, pois corrompe a dignidade do cidadão, contamina os indivíduos, arruína a prestação de serviços essenciais básicos (educação, saúde, habitação, água e saneamento) e compromete a vida das gerações actuais e futuras.
Não há nada de errado em punir o corrupto, mas é preciso também combater o acto de corromper. Uma condição não existe sem a outra. Porque punir o corrompido não resolve, pois constitui apenas uma parte da equação. De forma análoga, ir ao outro extremo também importante, mas insuficiente. Os homens vão, mas a cultura permanece. A corrupção não pode constituir uma “instituição nacional”, parte integrante de nossa cultura. Neste sentido a tomada de consciência pela população torna-se essencial.
Constitui fundamento primordial para a prevenção e combate à corrupção a vontade política. Vontade política para agir sobre o problema, consubstanciada mais em actos concretos em detrimento de somente discursos. Sem essa vontade política em assumir verdadeiramente a importância do combate à corrupção para o desenvolvimento do país, a luta eficaz e eficiente do combate à corrupção nunca se irá concretizar. Vontade política para que as acções de prevenção e combate à corrupção tenham ritmo e direcção desejados.
Consta que um dos sintomas mais graves da corrupção é a perda da capacidade de indignação pela sociedade, passividade fatalista, conformismo com os acintes que lhe passam com insistência com a comunicação social. Surgem frases de efeito, mas ausentes de dignidade. Por mais difícil que pareça, combater a corrupção é possível e necessário. Urge resgatar a capacidade de indignação da sociedade. Há que lograr abandonar a perda da capacidade de indignação, algo tão difícil quanto possível. Parafraseando Aristóteles (384 a.C. – 7 de Março de 322 a.C.) diria: “é fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer”.
O PAÍS – 19.12.2012
macua.blogs

 

O retorno à soberania

Mauro Santayana


Operação Porto Seguro: ex-senador Gilberto Miranda fornece à polícia endereço que não existe

 

O STF ofereceu um lamentável espetáculo com o "mentirão"

32 Hildegard Angel


Rival de Renan, Taques também sofre denúncias

:
Lançado como candidato ético à presidência do Senado, Pedro Taques (PDT/MT) foi acusado de ter beneficiado, como procurador, a máfia dos combustíveis de Mato Grosso, sendo fartamente retribuído em sua campanha; hoje, ele processa o jornalista que o acusou

 

A tragédia nacional de Santa Maria. Não são necessárias mais leis. O imprescindível e indispensável: fiscalização e responsabilização.

Helio Fernandes
Descaso, descuido, desapreço, desinteresse, displicência, destroem e desmoralizam qualquer lei. Seja municipal ou federal. A polícia de Santa Maria fulminou toda e qualquer discussão e debate: “A boate Kiss não podia nem estar aberta”. Esse NEM reforça e condena qualquer defesa.
O prefeito disse tudo…



Suspense em Brasília: Gurgel pode enviar hoje ou amanhã ao Supremo a denúncia de Valério contra Lula

Jeferson Ribeiro (Reuters)
As denúncias do empresário Marcos Valério contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva podem ser remetidas para o primeiro grau do Ministério Público nesta semana, segundo o procurador-geral da República, Roberto Gurgel.





Sumiram os tenentes do PT

Carlos Chagas
Perguntaram a Getúlio Vargas como havia resolvido o problema dos tenentes, que tanto haviam contribuído para a Revolução de Trinta, mas, depois da vitória, viram-se relegados ao papel de medíocres atores descartados da inauguração da peça a ser representada sem eles. O sagaz caudilho respondeu: “Promovi-os a capitães…”






A religião, segundo David Hume

Paulo Nogueira (Diário do Centro do Mundo)
Ao longo da história, a religião tem inflamado o fanatismo mais que qualquer outra coisa. Leio, no iPad, a monumental História da Inglaterra de David Hume, filósofo, historiador e escritor inglês do século XIX. (O iPad é uma festa para quem quer encontrar e ler clássicos de graça.) E uma passagem me remete a um tema que despertou entre os leitores uma apaixonada polêmica: a religião.



Governo anuncia aumento da gasolina em 6,6%












Campanha #AnulaSTF debate falta de provas na AP 470

:
Objetivo de apontar erros no que foi visto como um julgamento político de exceção tem mais uma etapa; campanha organizada pela CUT chega à Associação Brasileira de Imprensa, no Rio, para debate que é transmitido no momento, ao vivo, pela internet; José Dirceu participa do debate, e foi recebido com os tradicionais gritos de guerra da militância petista





"A elite dos nossos países não gosta de nós"

Ricardo Stuckert: Lula e Fidel em Cuba.
Ex-presidente Lula discursa durante o encerramento da III Conferência Internacional pelo Equilíbrio do Mundo e conclama a Améria Latina a "uma revolução na comunicação" por meio da internet. “A gente muitas vezes fica reclamando da imprensa. Ficamos reclamando e não fazemos o que está ao nosso alcance", disse. Mais cedo, ele encontrou Fidel Castro. Leia reportagem de Alexandre Haubrich, de Havana, especial para o 247


Vícios e dependências

Percival Puggina
O rapaz que fez soar a campainha era magro como a fome. Aproximei-me para ver o que desejava. De perto, descamisado, pele sobre osso, parecia um raio-x. Enquanto exibia um papel com assinaturas e carimbos, disse-me que estava em deslocamento para uma fazenda de recuperação de dependentes químicos. “Mas não tenho o dinheiro para a passagem”, arrematou com olhar súplice. Pelo sim, pelo não, dei-lhe dez reais e lhe desejei uma boa internação, proveitosa à sua recuperação. Dias depois, reapareceu-me à porta com o mesmo ar de sofrida determinação em buscar a cura. Identifiquei-o pelas costelas.








Prefeito de Aracaju, do DEM, cobre Dilma de elogios

Roberto Stuckert Filho: Brasília - DF, 16/01/2012. Presidenta Dilma Rousseff recebe Marcelo Déda Governador de Sergipe, João Alves Filho Prefeito de Aracaju e a senadora Maria do Carmo Alves. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.








Lula discute colocar PSB na
vaga de vice de Dilma em 2014



 

Até bombom de licor rende multa a motorista com a nova lei seca




PGR apura ajuda de deputado a refinaria investigada


Eduardo Cunha
Procurador-geral da República suspeita que Eduardo Cunha usou prestígio como parlamentar para interceder em favor de empresário acusado de sonegação tributária e formação de quadrilha
Continue Lendo...

Leia a íntegra dos esclarecimentos de Eduardo Cunha

Artigo no Fórum critica a atuação do governo Dilma na reforma agrária

PSB engrossa grupo anti-Renan no Senado




Jornais: Renan tem ao menos 55 votos e deve vencer no Senado



 Reuters/Ueslei Marcelino / Manifestante joga balde de água para protestar contra a proibição da lavagem da rampa do Congresso

Manifestantes levam vassouras e baldes em ato contra Renan

Integrantes da ONG tentaram lavar a rampa do Congresso em continuidade às manifestações contra a escolha do peemedebista. Senado impede lavagem




Abaixo assinado contra Renan Calheiros reúne mais de 100 mil nomes

Abaixo assinado contra Renan Calheiros reúne mais de 100 mil nomes
Foto: Reprodução

Caros amigos do Brasil,


O Senador Renan Calheiros, que acaba de ser denunciado criminalmente ao STF pelo Procurador-Geral da República, é o favorito para ser o próximo presidente do Senado. Somente uma mobilização gigantesca pode impedir esta vergonha.

A última vez que Renan Calheiros foi Presidente do Senado, em 2007, ele teve que renunciar após sérias denúncias de que um lobista pagava suas despesas pessoais, paralisando o Senado por meses. A denúncia agora é que para se defender daquelas acusações ele apresentou notas falsas. Após a aprovação da lei da Ficha Limpa e do julgamento do Mensalão o país precisa deixar claro que não aceita mais que a moralidade pública fique em segundo plano.

Antes da denúncia ao STF, Renan era franco favorito, mas agora está surgindo uma forte articulação entre os Senadores contra sua candidatura e uma mobilização popular gigantesca nas próximas 48 horas -- antes da eleição na sexta-feira -- pode enterrar de vez os Planos de Renan. Assine agora essa petição, que foi criada pela ONG Rio de Paz, e ao atingirmos 100.000 assinaturas ela será lida no plenário do Senado por Senadores que se opõem a Renan: 

http://www.avaaz.org/po/ficha_limpa_no_senado_renan_nao/?bgcyOdb&v=21497

Não podemos assistir de braços cruzados um Senador que acaba de ser denunciado criminalmente ser eleito Presidente de um dos Poderes da República, que tem o poder de decidir quais os projetos devem ser ou não votados e é o terceiro na linha sucessória da Presidenta da República.

A acusação mais recente contra o Senador é que ele apresentou notas falsas para se defender das acusações anteriores. Além dos danos à imagem de nossas instituições causados por essa eleição, está claro que Renan passará sua gestão se defendendo de acusações ao invés de conduzir votações importantes no Senado. Um país que se orgulha de ter uma lei como a Ficha Limpa deve se mobilizar contra isso.

Nossos informantes em Brasília afirmam que apenas uma enorme mobilização popular pode fazer os Senadores perceberem que suas reputações estarão em risco caso insistam em conduzir Renan Calheiros para a Presidência do Senado. Por isso, é fundamental espalhar essa petição por todos os cantos para chegarmos a 100.000 assinaturas e podermos ter nossas vozes amplificadas no plenário do Senado durante a votação. Assine aqui e compartilhe com todos:

http://www.avaaz.org/po/ficha_limpa_no_senado_renan_nao/?bgcyOdb&v=21497

Nos últimos anos a comunidade da Avaaz tem se fortalecido e lutado contra a corrupção no Brasil. Juntos ajudamos a aprovar a Lei da Ficha Limpa, proteger comunidades indígenas e os direitos dos trabalhadores. Vamos nos unir mais uma vez pela eleição de um presidente Ficha Limpa para o Senado, uma conquista de todos nós.

Com esperança e determinação,

Pedro, Diego, Carol, Alice, Laura, Dalia, Ricken e toda a equipe da Avaaz


MAIS INFORMAÇÕES:

Gurgel afirma que provas contra Renan Calheiros são consistentes (Terra)
http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/gurgel-afirma-que-provas-contra-renan-calheiros-sao-consistentes,a60ea4522f68c310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

Gurgel apresenta denúncia no Supremo contra Renan Calheiros (G1)
http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/01/gurgel-apresenta-denuncia-no-supremo-contra-renan-calheiros.html

Senadores articulam nome alternativo a Renan Calheiros para presidir Senado (Zero Hora)
http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/politica/noticia/2013/01/senadores-articulam-nome-alternativo-a-renan-calheiros-para-presidir-senado-4026909.html

Gurgel diz que acusação contra Renan é 'extremamente consistente' (G1)
http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/01/gurgel-diz-que-acusacao-contra-renan-e-extremamente-consistente.html

Eduardo Suplicy pede que Renan Calheiros desista de candidatura (Gazeta do Povo)
http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?id=1340001

Renan Calheiros é denunciado por supostas notas frias (UOL)
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2013/01/27/renan-calheiros-e-denunciado-por-supostas-notas-frias.htm

Aécio Neves sugere que Renan Calheiros desista de presidir Senado (Gazeta do Povo)
http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?id=133999


Rival de Renan, Taques também sofre denúncias

Em dois anos, Brasil cai 50 posições em ranking de liberdade de imprensa


NYT afirma que hackers invadiram sistema do jornal



Policiais envolvidos em morte da juíza Patricia Acioli são condenados
A juíza Patrícia Acioli foi executada em frente a sua casa, em Niterói, na região metropolitana do Rio, com 21 tiros. Condenados terão de cumprir a pena em regime fechado


Discussão do fim do fator fica para 2015, diz ministro

Garibaldi Alves afirma que o governo tem outras prioridades neste ano e que a discussão não avançará até 2015




Máquina






Olá
Fani afirma que tem se masturbado dento da casa do 'Big Brother Brasil'   Fani afirma que tem se masturbado dento da casa do 'Big Brother Brasil



Eliane usa Renan para criticar Rui Falcão






:
Colunista usa o favoritismo do mineiro no Senado apesar das denúncias para rebater discurso do presidente nacional do PT contra a mídia: "Quem está detonando a política e o Congresso, a imprensa ou os próprios políticos?"


"A elite dos nossos países não gosta de nós"







Dirceu: tucanos chegaram ao fundo do poço

:
De acordo com o ex-ministro, pronunciamento da presidente Dilma sobre redução na conta de luz levou oposição a vestir a carapuça


Rui Falcão chama imprensa de "oposição sem cara"

:
Durante a primeira reunião da bancada do PT na Câmara neste ano, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, criticou setores da mídia e do Ministério Público e avisou que, neste ano, a legenda vai se dedicar à luta pela democratização dos meios de comunicação. "Vamos às redes sociais e aos partidos lutar pela liberdade de expressão", avisou
 
 

 

Postos de combustíveis chegam a vender gasolina por R$ 3,05 em Salvador

 

Ilhéus: Justiça determina retorno de servidores concursados demitidos no início do mês

Ilhéus: Justiça determina retorno de servidores concursados demitidos no início do mês
70 servidores efetivos foram demitidos no início do mês |Foto: Divulgação

 

 

Bancada está inconformada com processo eleitoral no Senado, diz Lídice

Bancada está inconformada com processo eleitoral no Senado, diz Lídice
Foto: Divulgação

 

 

 

Google pretende cobrar por acessos no Youtube

Google pretende cobrar por acessos no Youtube
Foto: Reprodução
O Google informou que tem mantido conversas para permitir que criadores de vídeos passem a cobrar pelas imagens no Youtube. A informação foi repassada por fontes próximas às negociações entre a multinacional de serviços on-line e os videomakers e a cobrança pode acontecer ainda neste ano. Leia mais na Coluna Mercado.

 

 

Promotora de Itapetinga morre após sofre acidente automobilístico

Promotora de Itapetinga morre após sofre acidente automobilístico
Genísia Oliveira estava internada há 12 dias | Foto: Divulgação

 

 

Incrível: dono da boate culpa os bombeiros

:
 
 
 
 


Como combater a corrupção no Brasil?

O Brasil tem uma triste tradição de escândalos envolvendo políticos que realizam operações fraudulentas com o dinheiro público, buscando se beneficiar pessoalmente com isso.

Segundo especialistas, a corrupção está ligada a vários fatores, entre eles a fragilidade das instituições democráticas, como a Justiça, e a ausência de mecanismos de fiscalização populares desses órgãos.

A falta de transparência no trato do bem público, especialmente durante a realização de grandes negócios, como privatizações, também estimula as autoridades a aceitarem propinas.

Mas é importante não esquecer que, se há um corrupto, há também um corruptor - e muitas vezes as empresas colaboram para perpetuar a corrupção num país, apelando para pagamentos "por fora" para burlar a burocracia do Estado.

Como o próximo presidente deve agir para diminuir a corrupção no Brasil? O país está no caminho certo no combate ao problema? A Justiça tem sido suficientemente dura com os corruptos e corruptores? E como garantir que as empresas também não contaminem o governo com práticas ilegais?

Dê a sua opinião sobre essas questões em nosso fórum.

"A corrupção é fruto do sistema que valoriza o ter, e não o ser. Que estimula o individualismo, em vez da solidariedade. Enfim a corrupção é fruto do sistema que subverteu os valores morais da sociedade e busca sempre cada vez mais acumular bens materiais. Tudo pode ser vendido e comprado."
Jose Neumar - Porto Velho (RO)

"O problema da corrupção está imbuído na cultura brasileira. Nós crescemos ouvindo que a corrupcao faz parte do dia-a-dia. Um grande exemplo disto é quando analisamos os guetos brasileiros que se formam fora do Brasil e tentam agir da mesma forma que políticos corruptos. O que acontece é que normalmente são pegos pela polícia ou vivem marginalmente. Eu às vezes me pergunto: quem sabe, se tivéssemos sido colonizados pela Inglaterra, talvez estivéssemos numa posição melhor. A corrupção começa dentro de casa, e é apartir daí que deve ser podada. É um problema social grande no Brasil, mas também encontrada em países de Primeiro Mundo."
Luis Zoccoler - Sydney (Australia)

"A verdade é que só há corruptos por que também há corruptores. No entanto, o problema do Brasil é bem maior, é da base estrutural, de formação como cidadão, que envolve ambiência familiar, social, religião, economia, estrutura educacional etc. A solução para iniciar um processo de mudança está, primordialmente, na educação, na mudança de legislação para evitar a impunidade, além do amor ao próximo, pois à medida que se obtem benefícios através da rede ilícita de corrupção, renega-se os milhares de desabrigados e famintos que sobrevivem abaixo da linha de probreza."
Reginaldo Batista dos Santos - Vitória (ES)

"Inicialmente, deve-se reformar por completo o Poder Judiciário, desde as complacências das leis até a imunidade dos magistrados. Seria meio caminho andado."
Antonio Azevedo - Rezende (RJ)

"A formação da sociedade está na família. Crescendo e conhecendo os valores, o homem dificilmente os trairá. Veja o caso de países como a Nova Zelândia e os do Norte da Europa, onde o protestantismo é maioria. Deus é o centro de tudo. No Brasil e em países onde impera a corrupção, como na maioria dos países da América Latina, temos uma formação católica. Nesta, o homem é o centro. A ambição é desmedida, abrindo espaço a oportunidades de ganho fácil como a corrupção. Para corrigir isso é necessário:
1) Dar valor à fomação de famílias;
2) Incentivar a religiosidade;
3) Desestimular o ganho fácil;
4) Estimular o trabalho;
5) Ter um Poder Judiciário forte e punir pesadamente os corruptos (inclusive juízes);
6) Haver transparência total no setor público;
7) Eliminar ao máximo a presença do setor público na cadeia produtiva;
8) Exigir produtividade do trabalhador público;
9) Determinar que a Receita Federal acompanhe as declarações de renda de funcionários públicos em geral."
Paulo Sérgio Formagio, Campinas (SP)

"A corrupção se deve à falta de patriotismo. Nós temos tudo para sermos um exemplo para o mundo, mas infelizmente a falta de amor à pátria e aos nossos compatriotas fazem o Brasil estar entre os dez paises mais corruptos do mundo. Isso, porém, está mudando. Espero que não só os políticos, mas o povo em geral, façam sua parte."
Silvano Mamede, Denver (Estados Unidos)

"O Governo, entendido como função executiva do Estado brasileiro, poderá contribuir largamente com o controle à corrupção através uma prática permanente e implacável de combate ä impunidade em todos os níveis de governo. Já houve o estabelecimento de um "caminho" para o controle da corrupção no Brasil? Qual? Quem o definiu? Se positivo é importante publicar, pois a cidadania o desconhece. O sistema judiciário brasileiro, extremamente lento devido às práticas processuais que acabaram por serem exponencialmente eficazes no tolhimento do direito substantivo do cidadão, como também, comumente paralisada por práticas processuais equivocadas, está muito aquém do que almeja a cidadania patrícia no que respeita a celeridade da aplicação da Justiça. Se não houver a menor condescendência com a impunidade na esfera executiva do governo, não haverá solo fértil para vicejar práticas de corrupção exercitadas pelas empresas, já que estas, ao pretenderem exercitar tais práticas e encontrando um quadro funcional incorruptível, acabarão por perceber a inocuidade de suas malfadadas tentativas."
Carlos Alberto de Melo, Florianópolis (SC)

"Para acabar com a corrupção no Brasil, devemos fazer uma auto-censura , e verificar que somos um povo mal-acostumado e que gosta de levar vantagem em tudo. Então, votamos sempre nos candidatos que, de alguma maneira, nos dê ou possa dar alguma vantagem. Votamos no coronel bandido que nos tira a multa, votamos no gerente de uma instituição oficial de crédito que fez vistas grossas nos nossos documentos, votamos no ministro que vai dar aumento no salário muito maior que a media do Brasil. Votamos no juiz aposentado que nos fez 'aquele favor'. Então, é so assumir: somos um povo que não sabe pensar no social."
José Amorin Tupy, Vila Velha (ES)

"Somente com a educação baseada em valores de honestidade, solidariedade e lealdade acabará a corrupção. Os políticos vêm do povo e por este são eleitos. Se há políticos corruptos é porque a própria sociedade os corrompeu."
Aracy Pereira Silveira Balbani, Tatuí (SP)

"Realmente, a corrupção em nosso país vem do berço. Quando ainda crianças ouvimos dizer que políticos são corruptos e sempre o serão. E não podemos cair no erro de pensar que sempre será assim, pois ao agirmos desse modo estamos, de certa forma, consentindo que isso continue, quando deveríamos agir de modo oposto, ou seja, coibir tais atos através de manifestações populares em massa, como uma greve por exemplo, onde todos se movimentam e o pouco que cada um faz torna-se muito, se cada um se conscientizar e agir em conjunto. Já não basta a alta folha de pagamento de nossos representantes - estes sempre parecem querer mais. E o povo, onde fica nisso tudo? Não mais podemos aceitar a corrupção como praxe no nosso país, pois assim estamos concebendo mais e mais corruptos, e que deveriam estar trabalhando por nós, que formamos esse maravilhoso país chamado Brasil!"
Jackson Rodrigues, Bauru (SP)

"Para acabar com a corrupção, é preciso:
1- A moral como princípio básico;
2- A ordem e a limpeza;
3- A integridade;
4- A pontualidade;
5- A responsabilidade;
6- O desejo de superação;
7- O respeito às leis e aos regulamentos;
8- O respeito pelo direito dos demais;
9- O amor ao trabalho;
10- Se esforçar pela economia e pelos investimentos para melhorar o país.
No entanto, nos falta caráter para cumprir estas premissas básicas de funcionamento da sociedade."

Antônio, Newark (Estados Unidos) (Fonte: 
BBC-Brasil)







aixos."