Família Montalvao

Família Montalvao

domingo, setembro 30, 2012

Será que Deri está incomodando tanto assim o outro lado??? Ou o desespero que não permite que se dispute uma eleição democraticamente!!!

Primeiro criminosamente invadiram a aréa de uma RESIDÊNCIA E RASGARAM UM QUADRO COM AS FOTOGRAFIAS DE DERI DONA DALVA E A VICE CANDIDATA A PREFEITO, FOI NA CALADA DA NOITE NÃO FLAGAMOS O DELITO.

EM SEGUIDA, EM PLENA LUZ DO DIA, FLAGRAMOS UM DESRESPEITO A DEMOCRACIA, UM DESRESPEITO AO CANDIDATO DERI, E UMA INVASÃO DE DOMICÍLIO, CARACTERIZANDO TAMBÉM UMA AGRESSÃO A NOSSA CONSTITUIÇÃO E A LEGISLAÇÃO ELEITOTAL.

CONTRA FATOS NÃO HÁ AGURMENTOS, 

CONTRA FOTOS NÃO HÁ DESMENTIDOS.

AQUI APRESENTAMOS A DOCUMENTAÇÃO COMPROVANDO O DOLO




Dizem as más línguas que os fichas sujas de Jeremoabo não podem ver uma viatura da PF que ficam logo se borrando.

Segundo  comentários da cidade ao passar uma viatura da PF no centro da rua, o carro chefe dos  fichas sujas, desapareceu numa carreira tão rápida que nem avião conseguiria alcançar.
É isso aí, quem plantou vento, só colheu tempestade...



Carlos Chagas
É conhecida a história daquele Papa que, andando pelas ruas de Roma, viu-se assediado por um padre fanático anunciando aos gritos haver o anti-Cristo nascido no interior da Itália. Sua Santidade indagou que idade teria aquele infernal inimigo da Igreja, ouvindo como resposta “mais ou menos dois anos”. Depois de abençoar o impertinente interlocutor, o Papa seguiu seu caminho comentando: “Então, não é problema meu, mas do meu sucessor…”
Guardadas as proporções, essa poderia ter sido a resposta da presidente Dilma, ao ouvir do primeiro-ministro da Inglaterra, David Cameron, que, se o Brasil não suspender imediatamente o protecionismo aplicado em favor de nossa produção industrial, logo o seu país nos estará retaliando e destruindo. Fez as vezes de arauto, senão do anti-Cristo, ao menos do anti-Dilma.
 



sábado, setembro 29, 2012

Vândalos covardemente atacam a Democracia em Jeremoabo...




  "A violência é a arma dos fracos e a paz é a arma dos fortes"


Esta marca do vandalismo demonstra o desespero,  o despreparo para a competicão, a marca da oligarquia burra e corrupta que desconhece a palavra liberdade, cidadania, democracia e competição.
Jeremoabo não suporta mais esse tipo de violência, de desrespeito ao cidadão, nem tão pouco o despreparo para viver em sociedade.
Rasgam um quadro, mas não rasgam a vontade de mudanças do eleitor, nem tão pouco sufocam o grito de liberdade.
 Esse ato covarde de violência, apenas serve de combustível e incentivo ao povo para de uma vez por toda eliminar os fichas sujas e corruptos da nossa Jeremoabo.
“ Apesar de você e da covardia, amanhã será outro dia” ....Quem sabe faz a hora não espera acontecer” 

VOCES NÃO AFRONTARAM NAS OCULTAS O CANDIDATO DERI, MAIS TODOS OS CIDADÃOS DE BEM DE JEREMOABO.

VOCÊS ROUBARAM O DINHEIRO DA PREFEITURA, PORÉM JAMAIS MUDARÃO A CONCIÊNCIA NEM VONTADE DE MUDANÇA DO POVO LIVRE DE JEREMOABO, POIS LIBERDADE E CONFIANÇA NÃO SE COMPRA COM DINHEIRO SUJO 
 Polêmico?




Hebe Camargo morre em São Paulo

Apresentadora Hebe Camargo morre aos 83 anos em casa, em São Paulo

Corpo de Hebe, uma das pioneiras da televisão brasileira, será velado no Palácio dos Bandeirantes, edifício sede do governo do Estado



Cinco são baleados em confronto entre partidários na Bahia

Biaggio Talento

Um tiroteio entre integrantes de facções políticas rivais causou ferimentos à bala em cinco pessoas na madrugada desta sexta, 28, na localidade conhecida como "Casas Populares", na cidade de Antas, a 370 quilômetros de Salvador.
Um dos feridos é sobrinho do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Marcelo Nilo (PDT). Todos foram medicados e estão fora de perigo. O tiroteio teria começado durante uma passeata de um dos dois grupos que disputam a prefeitura do município. Os candidatos são Valdevino Nunes (PDT) - ligado ao deputado Marcelo Nilo -  e Wanderlei dos Santos Santana (PP), dois partidos da base de apoio do governador Jaques Wagner (PT). Os dois estão disputando voto a voto a eleição.
Três dos feridos são ligados ao candidato Valdevino. O deputado Nilo lamentou o episódio. "É um absurdo que a briga política tenha chegado a esse ponto", disse. Por causa do clima tenso, o próprio Nilo requisitou mais segurança ao governo da Bahia, que enviou nesse sexta para Antas um major e mais 27 soldados. Eles vão se juntar aos cinco policiais da delegacia local que abriu inquérito para investigar o caso. Wagner deve visitar o município no domingo para pedir voto em favor do candidato Valdevino Nunes.
Fonte`A TARDE



Leia Notícias do seu time
  • Corinthians
  • São Paulo
  • Palmeiras
  • Santos
  • Portuguesa

Mensalão: julgamento impõe cautela aos corruptos

Altamir Tojal
Independentemente das sentenças, o julgamento do mensalão provoca mudanças positivas na justiça e na política do país. Os poderosos estão mais cautelosos, menos seguros da impunidade na prática de corrupção. Políticos de reputação duvidosa estão tendo mais trabalho para captar recursos e obter adesões a suas campanhas eleitorais.


Livre pensar é só pensar (Millôr Fernandes)


  • Revista: Paes comprou apoio de partido por R$ 1 milhão

    Presidente do PTN diz que seu partido não foi o único
  • Aos 83 anos, morre a apresentadora Hebe Camargo, símbolo da TV brasileira

    Aos 83 anos, morre a apresentadora Hebe Camargo, símbolo da TV brasileiraHebe fez quatro cirurgias para combater câncer no peritônio, descoberto há dois anos
  • Acidentes de trânsito matam 42 mil por ano

    Dados foram divulgados pelo Denatran nesta sexta-feira
  • Empresário é vítima de sequestro em São Gonçalo

    Homem de 44 anos foi levado para cativeiro em favela

  • Ética

    Jornais: Joaquim Barbosa e Marco Aurélio trocam acusações

    Revistas: A organização milionária da mulher de Delúbio

    Jornais: Prejuízos no setor aéreo preocupam Presidência

    Leia a íntegra da lei que torna crime a criação de milícias

     

     

    Frango com pele tem mais colesterol que picanha, diz médico especialista em cirurgia cardiovascular

    Frango com pele tem mais colesterol que picanha, diz médico especialista em cirurgia cardiovascular
    Foto: Divulgação

    Leonardo fala sobre afastamento dos palcos e briga judicial com Paula Fernandes

    Leonardo fala sobre afastamento dos palcos e briga judicial com Paula Fernandes
    O cantor Leonardo é o convidado especial do programa “Altas Horas” que vai ao ar neste sábado (29). Em conversa com Serginho Groisman, o cantor voltou a falar sobre seu possível afastamento dos palcos e sobre as notícias recentes em relação à disputa judicial movida pela cantora Paula Fernandes contra sua empresa, a Talismã Music. Saiba mais na Coluna Entretenimento.

    Barbosa emite novos sinais de descontrole

    Edição 247: joaquim barbosa, marco aurelio mello

    Colunista sugere que Barbosa está no STF por ser negro

    STF/Divulgação:
    Depois de afirmar que Marco Aurélio Mello foi nomeado ministro por ser parente de Collor, Joaquim Barbosa recebeu o troco; segundo Claudio Humberto, ele está lá porque Lula queria “um negrão” 51




    STF caminha para novo caso Dreyfus, com a AP 470?

    :


    Financial Times: condenações do mensalão apontam que Brasil está no rumo de combate mais eficiente à impunidade

    Financial Times: condenações do mensalão apontam que Brasil está no rumo de combate mais eficiente à impunidade

     

    A gravíssima crise de confiança que atravessa a Igreja no mundo

    Leonardo Boff
    O centro da pregação de Jesus não foi a Igreja, mas o Reino de Deus: uma utopia de total revolução/reconciliação de toda a criação. Tanto é verdade que os evangelhos, à exceção de são Mateus, nunca falam de Igreja, mas sempre de Reino. Com a rejeição da mensagem e da pessoa de Jesus, o Reino não veio, e, em seu lugar, surgiu a Igreja como comunidade dos que testemunham a ressurreição de Jesus e guardam seu legado, tentando vivê-lo na história.

     

    Ministério Público Federal em pé de guerra contra interferência de Dilma Roussef f

    Políbio Braga
    O Ministério Público Federal está em pé de guerra contra a presidente Dilma Rousseff, que mandou cortar sua proposta orçamentária cortada por dois anos seguidos, sem qualquer justificativa legal, ignorando completamente o que dispõe aa Constituição Federal, que garante que os Poderes e o Ministério Público da União tenham seus orçamentos incluídos na sua totalidade na proposta orçamentária. Só quem pode fazer ajustes é o Congresso Nacional.
    Um dos reflexos da decisão de Dilma Roussef, segundo as dezenas de mensagens que temos recebido, são os baixos salários pagos a esses servidores, cuja tabela vai abaixo. Muitas mensgens denunciam que o achamento orçamentário desmotiva o MPF e abre brechas para que as investigações e denúncias de corrupção sejam congeladas.
    Examine a tabela e constate a injustiça cometida contra esses servidores do Ministério Público da União.

     

    Por que o Lula saiu da casca

    Carlos Chagas
    Importa saber o motivo que levou o Lula a sair da casca e avançar declarações públicas sobre o mensalão, coisa que não fazia desde o início do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal. Até então o primeiro companheiro simplesmente negava a existência do escândalo da compra de votos, afirmando ter-se tratado de distribuição de dinheiro para pagamento de dívidas de campanha, por conta do caixa dois.

    Por que a reforma do Aeroporto de Guarulhos, feita pelo Exército, acabou antes e custou muito mais barato?

    Carlos Newton
    A notícia é antiga, mas explica muita coisa. Foi enviada ao Blog pelo delegado Manoel Vidal, ex-chefe da Polícia do Rio de Janeiro, que ficou impressionado com a falta de divulgação de um fato dessa importância.
    Mais rápido e mais barato

     

    ARTIGO: “A Política como Ciência e Missão Humana”, por Eronildo Barbosa


    ARTIGO: “A Política como Ciência e Missão Humana”, por Eronildo Barbosa
    É muito comum as pessoas criticarem a política como se essa atividade fosse uma coisa menor, exercida por homens e mulheres descomprometidos com a ética e com as coisas relevantes do Estado. Como algo que só pessoas com inconfessáveis interesses privados ou de classe podem participar.
    O pior é que essa visão está diluída em todas as instâncias da sociedade, mas, infelizmente, no público jovem ela ganhou muita força e densidade.
    Não foram poucas às vezes em que tive que explicar didaticamente que a política não pode ser confundida com bandalheira pura e simples.
    A política é uma ciência e uma missão das mais importantes do ser humano. Foi ela, com erros e acertos, que conduziu a humanidade até ao tempo presente, e nada indica que ela vai desaparecer.
    Nas redes sociais, por exemplo, a política e os políticos não tem a menor credibilidade.
    Uma parte considerável dos internautas não só criticam duramente os políticos como estimulam a criação de grupos com o objetivo de pregar o voto nulo ou o não comparecimento dos eleitores às urnas.
    É verdade que os chamados “políticos profissionais” contribuem diretamente para que essa visão se espalhe como um rastilho de pólvora.
    Uma parte considerável deles não enxerga a política como missão. Não se preocupa com as demandas da comunidade que representa. Exerce o mandato como se fosse algo privado.
    Esse tipo de político forma a chamada banda podre dessa nobre atividade, porém só estão lá porque foram eleitos.
    Todos os mandatos foram conquistados com o voto livre do cidadão e da cidadã maior de 16 anos. Protegido pelo sigilo absoluto do voto o eleitor escolheu seu representante.
    Reconhecer essa verdade é algo relativamente difícil. É mais fácil e prático falar dos políticos numa roda de amigos, nas redes sociais, ou mesmo na imprensa, mas, no particular, muitos apoiam candidatos sabiamente ficha suja.
    O eleitor, minimamente consciente, sabe muito bem que ninguém é candidato de si mesmo. Todos os concorrentes estão ligados de alguma forma a uma articulação política patrocinada por uma classe social, um estamento ou um grupo.
    Isso permite saber, em quase todos os casos, antecipadamente, como vai atuar no parlamento ou no executivo seu representante.
    Os mais diversos interesses podem e devem ser debatidos nas instâncias formais de decisão politica.
    O Estado se move com base nos interesses divergentes da sociedade civil e da sociedade política. Na prática a ciência política existe para contemplar os interesses difusos dos homens.
    Assim, não basta ficar reclamando dos políticos e da política. Cabe ao eleitor marcar sua posição. Participar da política e escolher o candidato que mais se aproxime da sua concepção de mundo.
    E, por acaso, se não houver um partido que expresse sua visão política é possível criar um partido e disputar as eleições. A legislação eleitoral brasileira permite a criação de partidos políticos com as mais variadas concepções e doutrinas.
    Tanto que mais de 30 agremiações partidárias estão legalizadas e aptas a concorrerem às eleições desse ano.
    Quem quer fazer algo pelo Brasil não pode ficar confortavelmente em cima do muro esperando o resultado da eleição. Achar que todos os políticos são farinha do mesmo saco é uma posição sem nenhuma nobreza. Atesta uma triste e imensa alienação política.
    Ademais, é bom lembrar que o eleitor é responsável por sua ação ou por sua omissão no insucesso ou no sucesso administrativo da sua cidade, estado e país.
    Depois do pleito não adianta choro.

    Eronildo Barbosa – Pombalense, Doutor em educação e professor universitário.
    CONTATO: EronildoBrasil@hotmail.com